Início » Carros » Seguro ou rastreador para carros: Qual escolher?

Seguro ou rastreador para carros: Qual escolher?

Boa parte dos custos recorrentes de manutenção de um veículo dizem respeito à segurança – mais especificamente, escolher entre seguro ou rastreador é uma das maiores dúvidas no sentido econômico.

Embora sejam dois serviços que supostamente oferecem proteção contra violência, o tipo de vantagem recebida pelo proprietário difere muito de um para o outro. Na prática, os serviços são tão diferentes entre si, que algumas pessoas utilizam as duas soluções de maneira simultânea.

Mas se a sua intenção for contratar apenas um deles, a escolha pode ser um pouco mais difícil. Há diversas variáveis que definirão qual a melhor escolha para cada caso. Entenda qual a diferença entre seguro ou rastreador, quais as vantagens de cada, e defina qual é mais útil para você:

Seguro ou rastreador: qual a diferença?

As diferenças entre seguro ou rastreador são grandes, embora possam ser interpretados como sinônimos por algumas pessoas. Via de regra, o seguro é um serviço de proteção posterior do veículo como uma propriedade. Ele é um garantidor de não ocorrência de prejuízos com acidentes ou violências em relação ao veículo. Em outras palavras, é um serviço pago para que, caso alguma coisa de errada, você não arque com todos os custos.

Já o rastreador é um dispositivo que é operado por um serviço específico. Ele é instalado no carro e gera um mapeamento de onde seu carro está, e qual o trajeto dele. Além disso, muitos rastreadores possuem um bloqueador, que faz com que o carro pare de funcionar quando for roubado.

Critérios para a escolha

Para escolher a melhor opção para você, é necessário avaliar quais critérios são prioritários em sua rotina. Entre os principais critérios avaliados, destacam-se:

Preço

No que diz respeito a custo de contratação, o rastreador costuma ser bem mais acessível. Não é incomum que seu custo anual chegue a 25% do valor total de um seguro para algumas faixas de usuário. Por isso, no que diz respeito ao custo de contratação, os rastreadores ganham pontos.

Leia também:

Segurança sobre o veículo

Este é o critério que trata sobre a segurança geral do veículo como propriedade. Neste quesito, o serviço mais tradicional vence o embate entre seguro ou rastreador. Se seu veículo for roubado e não for encontrado, por exemplo, o seguro irá ressarcir você integralmente. Se o rastreador não for suficiente para recuperar o carro, ou se o criminoso acidentar-se com ele, o custo não será coberto.

Segurança em tempo real

No que diz respeito à segurança instantânea, no entanto, os rastreadores costumam ser mais eficientes. Rastreadores conseguem localizar seu veículo em tempo real, o que facilita no caso de uma recuperação após o roubo.

Essa é uma qualidade útil em outras situações de violência, como sequestro ou circunstâncias nas quais o veículo precise ser encontrado com urgência.

Problemas do cotidiano

Para problemas cotidianos, o seguro costuma ser uma opção melhor para o usuário. O rastreador não cobre, por exemplo, problemas mecânicos e acidentes. Já o seguro oferece assistência para qualquer tipo de sinistro –seja ela praticado com violência, ou não.

Praticidade do uso e flexibilidade

Já no que trata da praticidade de uso e da flexibilidade, o rastreador vence. No caso de um seguro, o veículo é segurado para determinados condutores. Diferentes condutores valores específicos adicionais a serem pagos.

Já com os rastreadores, paga-se o aparelho e a mensalidade, não importando o perfil ou quantas pessoas conduzem aquele veículo. Isso gera muito mais flexibilidade para os donos, não obrigando-os a pagar a mais para que mais pessoas possa dirigir o carro.

Como escolher entre seguro ou rastreador?

Com todos os critérios avaliados, a palavra chave é custo-benefício. É necessário definir quais dos critérios anteriores são sua prioridade. Se você precisa de uma cobertura completa para sua propriedade, o seguro é mais útil. Se você prefere não investir tanto e não dar chance para os criminosos fugirem com seu veículo, talvez apostar em um rastreador seja mais interessante.

A verdade é que a escolha entre seguro ou rastreador depende de uma série de critérios que são muito pessoais. Com os quesitos anteriores, você certamente será capaz de tomar a melhor decisão!

Comentar

Clique aqui e deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas

Gostou desse carro? Dê sua nota!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...
teste