Início » Carros » Nova Ford Ranger 2016: Conheça o novo modelo

Nova Ford Ranger 2016: Conheça o novo modelo

O investimento e a atenção da Ford no mercado brasileiro já não são novidade, e a marca parece estar mantendo o esforço para o novo modelo da Ranger 2016. Compreendendo as necessidades do mercado consumidor, o modelo que entra no mercado em 2016 oferece uma série de confortos e versões disponíveis para as diferentes necessidades do amplo público alvo da categoria.

nova-ranger

Confira as principais características na nova Ford Ranger 2016:

Principais características do conceito

A característica mais marcante do novo modelo é a aparente preocupação em atender os diferentes públicos interessados na categoria.

Se a publicidade pegou pesado, nos últimos anos, com as caminhonetes, acusando-as de grandes modelos urbanos sem a robustez necessária para a utilização rural e off-road, a Ford faz questão de declarar que este não é o caso do novo modelo. A montadora anuncia o carro como o novo líder do campo, utiliza a expressão “robustez” diversas vezes em suas campanhas e reforça o conceito já existente de “raça forte” para a sua Ranger.

No outro lado dos interesses do público consumidor, a nova Ford Ranger promete trazer, desde sua versão mais básica, tecnologias disponíveis em seus carros urbanos que aliam conforto, segurança e alguns mimos para o motorista.

Equipamentos e tecnologias agregadas

A picape promete, já na sua versão inicial – que deve ser a CLT 2.5 Flex – uma série de amenidades: sistema multimídia da Ford, o SYNC MEDIA SYSTEM, com sincronização bluetooth e entradas usb e de fones serão itens de série, com a possibilidade de uma tela touch-screen de 4.2 polegadas.

Além disso, itens de segurança também fazem parte da versão de entrada, como é de se esperar de um veículo deste porte.

Confira a lista de itens de série anunciados pela montadora para a nova Ford Ranger 2016:

  • Motor 2.5l Duratec iVCT (173cv);
  • Transmissão manual 5 velocidades;
  • 2 Air bags (Frontais);
  • Ar condicionado;
  • Diferencial traseiro deslizante;
  • Direção hidráulica;
  • Faróis de neblina dianteiros;
  • Freios ABS com EBD;
  • Piloto automático;
  • Retrovisores externos com ajuste elétrico;
  • Rodas de liga leve 16”;
  • SYNC MEDIA SYSTEM: Radio AM/FM, CD player MP3, USB/iPod, Bluetooth, Tela de LCD multifuncional colorida no painel central de 4,2”;
  • 4 alto-falantes, 2 tweeters, comandos de áudio no volante, comandos de voz com funções de áudio e telefone;
  • Trava da porta da caçamba com chave;
  • Trava elétrica das portas;
  • Vidro elétrico do motorista com sistema de abertura/fechamento com um toque para cima/baixo;

Demais versões

Enquanto a versão de entrada deve sair em torno dos R$ 90 mil, um valor equivalente ao preço praticado com as versão atuais do modelo, a versão mais potente deve chegar aos R$ 160 mil.

A versão inicial possui motor Flex, e a versão de entrada a Diesel com tração 4×4 e motor 2.2 pode ser adquirida a partir dos R$ 115 mil. O motor superior, disponível na versão XLS 3.2 tem o preço estimado inicial acima dos R$ 125 mil. As versões poderão ser adquiridas com o câmbio manual ou automático.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas