Início » Carros » Lamborghini Urus 2018: SUV de sangue nobre

Lamborghini Urus 2018: SUV de sangue nobre

Desde a entrada da Porsche no segmento de SUVs, em 2003, uma iniciativo como a Lamborghini Urus era uma previsível questão de tempo. Não apenas na montadora, mas em várias outras marcas de luxo, o movimento já acontece.

Desde 2015, o Lamborghini Urus é a aposta da icônica italiana no segmento para participar da brincadeira. Foram anos de especulações e planejamentos, incluindo um projeto frustrado no meio do caminho.

Ao que tudo indica, a montadora finalmente possui um plano para sua SUV de alta performance. Saiba o que esperar deste curioso modelo, e o que a Lamborghini busca alcançar com o curioso utilitário em sua linha:

Um Lamborghini SUV?

Você certamente não é a única pessoa que apresentou um dúvida deste tipo. Na verdade, toda a imprensa questionou a decisão da montadora ao longo dos últimos anos. Para sermos ainda mais precisos, a própria marca já fracassou nesta tentativa no passado. Antes da proposição do Urus, ainda em 1993, a Lamborghini desenvolveu um SUV, chamado de LM002. O modelo foi um completo fracasso, com apenas 328 unidades produzidas.

Ao que tudo indica, a falha dizia respeito ao estilo. O SUV da década de noventa parecia, na prática, um modelo um pouco genérico que carregava o logotipo da montadora. Muito mais semelhante ao que se espera de um robusto dos EUA, seu apelo foi bastante tímido.

Já o atual Lamborghini Urus parece ter aprendido a lição. A ideia é que não gere dúvidas a respeito de sua assinatura como membro da família de luxo. Na prática, seu apelo precisa ser interessante o suficiente para fazer frente a modelos como o Porsche Cayenne e o Bentley Bentayga.

Acerto visual

O Lamborghini Urus, diferentemente de seu ancestral, certamente justifica a grife que carrega – ao menos em seu conceito. Anguloso e agressivo, o estranhamento em relação ao visual do modelo parece ser fruto do reconhecimento de um modelo Lamborghini que não esteja milimetricamente agarrado ao chão.

Isso é, na prática, um sentimento que demonstra o acerto. A estranheza é sinal de que as linhas foram reconhecidas, e ela logo dá espaço para a curiosidade. O que faria, este SUV, para justificar sua performance como um Lamborghini?

Performance digna da fabricante

A resposta para a pergunta anterior vem prontamente junto à apresentação do conceito, em todos os eventos dos quais participa. Os executivos responsáveis pelo desenvolvimento do modelo são sempre claros: o Lamborghini Urus será o SUV mais rápido e dinâmico já lançado no mundo automotivo.

Lamborghini Urus 2018: Foto traseira

A meta é que o veículo seja mais leve do que todos os seus concorrentes, com performance mais impressionante. A aceleração dos zero a cem deve ocorrer em menos de quatro segundos – tempo digno de um esportivo puro sangue. O protótipo funcional deve ser finalmente revelado apenas em 2018, no Salão do Automóvel de Genebra.

Para alcançar este desempenho, o modelo terá algumas mudanças em relação aos motores geralmente utilizados pela montadora. Nada dos típicos V10 ou V12. Segundo os italianos, a escolha deve ser um V8 de turbo duplo, em um bloco de 4.0 litros.

Apesar da falta de informações precisas sobre o modelo, sabe-se que é expectativa é de que possa oferecer mais de 560 cavalos de potência, e um torque digno de um veículo deste tamanho.

Preço salgado para o SUV

Sim, pode parecer estranho ler que o Lamborghini Urus sofre do preço elevado. Geralmente, quando fala-se em um Lamborghini, o preço não costuma ser um fator limitador. O modelo, no entanto, já possui concorrência bem estabelecida.

Com rumores de que seu preço deve superar bastante os 200 mil dólares, o modelo ficaria mais caro do que o Cayenne e o Bentayga. O SUV teria problemas, a este preço, por fazer parte de um segmento específico. Resta saber como a Lamborghini lidaria com problemas de precificação.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas