Início » Carros » Kia Soul 2018: Modelo deve ter atualização visual

Kia Soul 2018: Modelo deve ter atualização visual

O Kia Soul 2018 chega com a promessa de transformar o conceito já interessante do modelo em algo ainda mais atrativo. O objetivo é aumentar a base de compradores do modelo, que não parece ter sido tão significativa quanto o esperado para um veículo singular como ele.

Especula-se que o Soul sofreu um problema de ajuste de oportunidades: quando saiu no mercado, a nova onda de fortalecimento de SUVs tomou conta da demanda da indústria, e um veículo misto como o Soul já não parecia tão atrativo quanto seria em outros momentos.

Por isso, a expectativa é que a Kia ajuste, no Soul 2018, as disparidades entre a demanda do mercado e o que o seu modelo oferece. Não há dúvidas de que o modelo seja capaz de despertar interesse, todas as atualizações relacionadas a ele geram discussões sobre a possibilidade de finalmente representar o acerto da Kia.

Saiba o que esperar do Soul 2018, e quais as prováveis ações da Kia para fortalecer o modelo no mercado:

O que esperar do Soul 2018?

Algumas versões camufladas do provável Soul 2018 já foram vistas em testes em vários países. O problema, no entanto, é que o modelo sempre esteve pesadamente escondido sob peças falsas, para que pouca coisa fosse descoberta antes dos anúncios oficiais da Kia.

Como padrão na indústria, nestes casos, resta especular sobre as possibilidades. As mulas fortemente disfarçadas indicam mudanças visuais relevantes, e sabe-se que a Kia não pretende fazer grandes mudanças na sua linha de motores. Por isso, os principais pontos de interesse sobre o Soul 2018 devem tratar especificamente sobre apelos visuais.

Mulas indicam aparência mais alta

Aparentemente, as mulas do Soul 2018 não possuem mudanças na dimensão e na altura do modelo. Um detalhe significativo, no entanto, parece ter chamado a atenção da imprensa internacional. Trata-se do posicionamento mais alto dos espelhos, que passa a impressão de mais altura do modelo, sem precisar elevá-lo do chão.

Pode não parecer muita coisa à primeira vista, mas a intenção demonstra uma tentativa de aproximação em relação a crossovers e SUVs típicos do mercado atual. Além das prováveis mudanças nos espelhos retrovisores, espera-se alterações na grade dianteira e nos faróis, mas a forte camuflagem não permitiu que os jornalistas assumissem quais seriam estas modificações.

Modelo fará jus ao slogan

“Completíssimo” é o slogan do Soul no Brasil, além de “carro design”. Mesmo que os apelidos sejam auto-adotados pela Kia, isso indica o posicionamento estratégico do modelo. O que se espera para o Soul 2018 é uma melhoria na qualidade e no nível tecnológico do acabamento e dos seus itens.

Uma atualização do sistema de entretenimento, com opção de comando de voz deve ser feita. Em conjunto, um sistema de som estéreo de alta qualidade será implementado no modelo, fortalecendo a ideia mais conceitual do que competitiva do veículo. Fala-se, ainda, em novo material para cobrir os assentos.

Além disso, diversos itens ativos e passivos de segurança serão implementados, aos moldes dos outros modelos da Kia. Trata-se da melhoria nos airbags, sensores de estacionamento que incluem câmeras e, possivelmente, sistemas de controle de desvio de faixa e frenagem emergencial automática.

Duas versões de motorização disponíveis

Ao que tudo indica, poucas alterações serão feitas em relação à motorização do Soul 2018. No mercado global, o modelo conta com uma versão de 1.6 litros, capaz de gerar mais de 120 cavalos de potência (igual à do Cerato brasileiro), e uma versão mais poderosa de 2.0 litros, capaz de produzir quase 170 cavalos.

Cada propulsor é combinado com um sistema de transmissão. Para o menor, câmbio manual de seis velocidades. O bloco maior é combinado com transmissão automática de seis velocidades. As configurações devem ser mantidas para o Soul 2018, com algumas pequenas melhorias possíveis.

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas