Início » Carros » Jaguar E-Pace 2018: SUV compacto virá ao Brasil

Jaguar E-Pace 2018: SUV compacto virá ao Brasil

O Jaguar E-Pace 2018 é uma das provas de que o segmento de SUVs ainda roda em alta no Brasil, e chama a atenção de montadoras ao redor do mundo. Após o sucesso do F-Pace no país, a montadora resolveu aposta em uma categoria diretamente abaixo: o Jaguar E-Pace 2018 mantém aspectos de seu irmão mais velho, mas com dimensões e intenções de competir em uma categoria de entrada para o luxo.

Na nova proposta, a Jaguar parece ter entendido muito bem as demandas por este mercado crescente: SUVs da categoria precisam fazer seus compradores perceberem o acabamento de alto nível, assim como a atenção aos detalhes que fazem alguém considerar um Jaguar.

Jaguar E-Pace 2018

Confira o que se pode esperar do Jaguar E-Pace 2018, que deve chegar ao Brasil já no próximo ano:

Um pequeno F-Pace

A montadora inglesa não faz nenhuma questão de esconder que o Jaguar E-Pace 2018 é inspirado em seu irmão de maior porte, o F-Pace. Depois do sucesso comercial global do SUV, nada mais natural que esperar uma versão levemente menor, como uma espécie de entrada para o luxuoso mundo do felino no capô.

Jaguar E-Pace 2018 traseira

O mercado alvo já é bastante claro: se o F-Pace faz frente ao BMW X3, o E-Pace concorrerá com o BMW X1, o Mercedes-Benz GLA e o Audi Q3. O valor inicial, portanto, deve girar em torno dos R$ 200 mil, para estar disponível no mercado de entrada dos SUVs compactos mais sofisticados.

Visualmente, o visual é marcado por agressividade e curvas agudamente arredondadas. Os faróis de LED e o para-choque bastante agressivo do F-Pace é mantido, e a traseiro adota uma inclinação de leve inspiração coupé. Trata-se de uma delicada e bem elaborada mescla entre uma agressividade compacta e a sofisticação esperada para um modelo nessa faixa de preço.

Chegada no Brasil já é confirmada

Para os interessados no SUV e seu provável preço, a boa notícia é que o modelo deverá chegar ao Brasil ainda no ano de 2018, junto à estreia global do utilitário compacto. Os preços oficiais ainda não foram divulgados, restando assumir que eles devem estar próximos aos valores de seus principais concorrentes.

Opções variadas sob o capô

Algo interessante em relação ao lançamento é a quantidade de opções já confirmadas para a motorização do modelo. No início da linha, um turbodiesel de 150 cavalos de tração dianteira marcará o segmento Ingenium 2.0, que será equipada com transmissão manual de seis marchas, ou automática de nove velocidades combinada com tração integral.

Logo acima, as versões turbodiesel de 180 cavalos e 240 cavalos estarão disponíveis no mercado. A primeira terá as duas opções de câmbio, enquanto a mais potente será oferecida apenas com a transmissão automática de nove velocidades e a tração integral.

Nas versões a gasolina, a tração é sempre integral, combinada com a transmissão automática. Os dois motores serão 2.0, de 249 e 300 cavalos. Na versão mais potente, a velocidade máxima é eletronicamente limitada a 243 km/h, e a aceleração de 0 a 100 fica abaixo dos 6,5 segundos, de acordo com a própria fabricante.

Acabamento impressionante

É por dentro que a montadora deixa claro que entende o que o público espera de um SUV compacto de luxo. O interior é uma mescla entre o F-Pace e o F-Type, superesportivo da marca. O acabamento de luxo combina com os equipamentos generosos.

Jaguar E-Pace 2018 interior

Destaque especial vai para a combinação entre a central multimídia de 10 polegadas compatível com sistemas operacionais móveis, e a tela TFT de 12,3 polegadas no painel de instrumento, permitindo que o motorista interaja com as informações do veículo.

No que diz respeito à dirigibilidade e segurança, o modelo oferece todos os equipamentos atuais, como controle de estabilidade e tração, frenagem automática e alerta de ponto cego. Os faróis também se adaptam automaticamente, e o modelo conta com um total de seis airbags.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas