Início » Carros » Honda CR-V 2018: Modelo deve ficar maior

Honda CR-V 2018: Modelo deve ficar maior

Após a atualização do Honda Civic, o próximo passo de renovação da Honda deve ser o CR-V 2018. O novo modelo já é praticamente confirmado, e deve ganhar maiores dimensões na nova geração. A tendência é que passe a concorrer, no mercado global, contra veículos maiores a um preço mais atrativo.

O CR-V 2018 será a quinta geração do modelo, e deverá contar com novos motores e uma nova plataforma. A tendência é que seu preço também seja mais alto, considerando o reposicionamento frente ao mercado global.

O modelo deve ser apresentado apenas no segundo semestre de 2017, e não é confirmado que seu lançamento no mercado seja feito como modelo 2018. Atrasos podem tornar o veículo parte da linha 2019.

Confira quais são as especulações a respeito do CR-V 2018, e quais as expectativas para a chegada da quinta geração:

Mulas camufladas sugerem aumento e sete lugares

Tudo que se sabe visualmente a respeito do CR-V 2018 vem do flagra de mulas fortemente camufladas do veículo, vistas nos EUA. As versões disfarçadas conseguiram esconder uma série de características, como adoção de novas linhas ou mudanças nos faróis.

No entanto, foi impossível esconder uma característica essencial: o CR-V 2018 chegará significativamente maior do que é atualmente. Considerando-se o aumento do tamanho e a tentativa de reposicionamento, é possível que haja, até mesmo, versões com três fileiras de assentos.

Isso significa que a quinta geração pode marcar um CR-V ainda mais familiar, com espaço para sete ocupantes. A plataforma deve ser a mesma utilizada pela décima geração do Civic, representando um carro mais longo, de entre-eixos mais comprido. É essa mudança que leva a crer em um reposicionamento frente à concorrência.

Motores também devem apresentar novidades

A nova geração deve incluir uma troca completa na linha de motores que serão oferecidos para o modelo. Embora ainda não confirmado – e improvável – há quem cogite até mesmo a adoção do tricilíndico turbo i-VTEC para as versões europeias.

Além disso, deve estar presentes os motores 1.5 turbo, também i-VTEC e a versão diesel 1.6, presente em alguns modelos do Civic ao redor do mundo. Fala-se ainda na versão mais recente do 2.0 da Honda, que poderia ser uma boa opção para as versões topo de linha.

Curiosamente, a Honda não comentou nada sobre a possibilidade de um híbrido em sua linha. Considerando a atuação da concorrência, não seria surpreendente caso a característica seja anunciada no lançamento, Por outro lado, se o híbrido não chegar no CR-V 2018, é possível que apareça nas primeiras atualizações da quinta geração.

Em conjunto à motorização, pode-se combinar a transmissão automática de nove velocidades a opções de tração integral ou dianteira. Não se sabe se os modelos de entrada nacionais manterão a transmissão manual de seis velocidades para baratear o custo, considerando a ganho de tamanho.

Versão mais esportiva também é opção cogitada

Supostamente, o CR-V 2018 deve ser lançado no início do segundo semestre de 2017. Há, no entanto, muitas especulações que parecem incipientes para o lançamento. Uma delas é uma opção curiosa.

Comenta-se que o motor 2.0 a ser adotado pelo modelo é o mesmo utilizado pelo Civic Type R. Isso dá vazão à projeção de uma versão mais esportiva do CR-V 2018. Não há, no entanto, confirmações oficiais da montadora, embora ela simplesmente não negue a possibilidade.

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas