Início » Carros » Honda Accord 2018: O que esperar do novo modelo?

Honda Accord 2018: O que esperar do novo modelo?

A atual nona geração do Honda Accord, que inclui o Accord 2018, teve sua produção iniciada em 2012. O sedã passou por um facelift em 2016, mas modelo 2018 aparentemente deve trazer o mudanças visuais que preparam o veículo para sua próxima geração.

Após o bem sucedido lançamento da décima geração do Civic, tudo indica que o Accord 2018 traga uma versão mais sofisticada das linhas apresentadas no sedã menor. Considerado um dos melhores sedãs médios no mercado dos EUA e uma categoria acima por aqui, o Accord sempre é bastante esperado em suas atualizações.

Recentemente, diversos flagras das versões camufladas foram feitos. Embora a camuflagem dificulte algumas observações, sempre é possível tirar algumas dúvidas a respeito dos modelos escondidos.

Saiba o que já foi visto a respeito do Accord 2018, e quais as expectativas para o modelo que está por vir:

O que esperar do Accord 2018?

As revelações feitas na décima geração do Civic indicam, sem dúvidas, as tendências de toda a linha de sedãs da montadora japonesa. Neste caso, especificamente, espera-se uma versão ainda mais sofisticada e interessante do modelo. Isso inclui características externas e internas do modelo, que serão uma espécie de upgrade em relação ao Civic.

Exterior equilibrado deve ser ponto forte

No exterior, as linhas agressivas e quase caricatas do Civic devem converter-se em um modelo mais harmônico e elegante. Mesmo com as camuflagens, foi possível observar o teto arqueado, de inspiração cupê, integrado com um vidro traseiro bastante inclinado. A grade deve ser uma versão adaptada daquela que pode ser encontrada no Honda Pilot, demonstrando que o Accord 2018 joga em uma categoria superior.

Em comparação aos novos modelos agressivos, o Accord 2018 demonstra-se significativamente mais conservador. Trata-se de uma característica essencial para a sobrevivência em um segmento mais sofisticado que seu irmão menor. Isso não quer dizer, no entanto, que trate-se de um carro chato – pelo contrário: seu equilíbrio converte-se rapidamente em atratividade.

Reestilização no interior

Os rápidos flagras por fora do que deve ser o Accord 2018 demonstraram uma série de mudanças em relação ao modelo atual. Como é de se esperar, parece que muito dos bons elementos do Civic receberam melhorias para estarem neste sedã maior.

Observa-se bom investimento em tecnologia e conforto – exatamente o que se espera de um sedã desta categoria. Além disso, a Honda já declarou oficialmente que o modelo terá o Honda Sensing. Trata-se do conjunto ativo de tecnologias de segurança embutidos no veículo, evitando acidentes.

São itens como alerta de colisão, frenagem automática e manutenção de faixa em caso de saída acidental da via. A expectativa é que o carro torne-se um dos mais seguros da categoria, contribuindo com seu apelo racional.

Opções de motorização ainda discutidas

Diferentemente da maior parte da linha Honda, o Accord 2018 é um dos poucos modelos que ainda não tem sua motorização praticamente definida. Uma das opções é o popular 1.5 turbo, capaz de desenvolver mais de 175 cavalos de potência. Por outro lado, a opção do 2.0 turbo semelhante ao Civic Type R pode ser a opção mais potente.

São, no entanto, estimativas, que não necessariamente representam os próximos passos da montadora para o Accord 2018. O que se sabe, no entanto, é que o modelo incluirá a versão híbrida. Serão os mesmo 215 cavalos de potência gerados pelo combinação de um quatro cilindros e um motor elétrico. É o mesmo conjunto utilizado atualmente pela linha 2017.

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas