Início » Carros » Fiat Tipo 2018: Modelo não deve chegar ao Brasil

Fiat Tipo 2018: Modelo não deve chegar ao Brasil

O Fiat Tipo 2018 é um dos principais mistérios da montadora italiana para o mercado brasileiro. Falar sobre o Tipo, de forma geral, é entrar em um mundo de especulações e falta de informações há alguns anos.

Informações oficiais e observações contrárias a elas ocorrem recorrentemente a respeito do modelo. Segundo a Fiat, o Tipo não deve chegar para o mercado brasileiro. No entanto, não foram poucas as vezes que o modelo foi visto rodando camuflado pelas ruas brasileiras.

O Tipo 2018, enquanto é negado para o mercado brasileiro, segue evoluindo no mercado europeu. Atualizado e com boa gama de motores por lá, o modelo consolida-se razoavelmente bem no velho continente. Saiba quais são as expectativas para o Fiat Tipo 2018, um dos grandes mistérios da linha brasileira da Fiat:

Identidade visual da Fiat europeia

O Tipo 2018 segue o conceito original do modelo, que é o desenvolvimento de uma gama de veículos com visual tipicamente europeu. Não se trata do estilo urbano europeu, mas aos grandes clássicos do velho continente.

Lanternas afiladas, visual limpo, mas com bom nível de esportividade elevam a linha comum da Fiat a marcas mais elegantes, como a própria Alfa Romeo. Curiosamente, o modelo segue algumas linhas quase alemãs de design, embora deixe clara sua identidade com os traços visuais da Fiat.

Por dentro, o modelo também é claramente voltado para um público europeu interessado em qualidade. Com materiais de boa qualidade e acabamento cuidadoso, o modelo está em um patamar de dedicação claramente superior do que os modelos que supostamente estão no nível dele aqui no Brasil.

O Sedã, o hatch e a perua carregam os mesmo traços, mesmo com suas necessárias diferenças em relação à carroceria. Todas elas, ainda, incluem bom nível de tecnologia, com central multimídia em tela de sete polegadas em todas as versões, com capacidade de integração com Apple CarPlay e Android Auto. Isso demonstra a diferença conceitual entre o Tipo europeu e seus equivalentes no Brasil, como Bravo e Linea.

Motorização da Europa já confirmada

O Tipo 2018 já conta com a lista de motores confirmada para o mercado europeu. As três versões – hatch, sedã e perua – contarão com as mesmas opções de motorização. Serão, ao que tudo indica, três motores diferentes, um 1.4 Fire, um 1.6 E-torQ e um 1.4 T-Jet. Os propulsores serão capazes de desenvolver, respectivamente 96, 110 e 122 cavalos de potência.

Não se sabe precisamente qual será a combinação entre motores e transmissão de acordo com as versões. No entanto, as opções serão manuais ou automática, ambos de seis velocidades.

Variações não devem chegar por aqui

Se o Tipo 2018 europeu representa uma gama de veículos por si só, o mesmo não deve acontecer por aqui. Linea e Bravo já possuem, supostamente, um projeto de substituição sendo desenvolvido na Argentina para o mercado sul-americano. A variante, por sua vez, poderia chegar por aqui muito mais cara do que a Weekend atual.

Considerando a qualidade e o material, o mais provável é que o Tipo chegasse por aqui apenas como sedã, no lugar do projeto X6S. As chances são poucas, no entanto. Ao menos, é isso que a própria Fiat anuncia oficialmente ao dizer que o modelo não chegará ao mercado brasileiro.

Há espaço para o Tipo junto à família X6?

Considerando que não faria sentido implementar o Tipo no mercado brasileiro apenas na versão perua, o espaço para o modelo por aqui parece cada vez menor. O motivo é a família X6, projeto desenvolvido na Argentina para a nova gama de modelos da montadora.

O projeto inclui X6H e X6S, que deverão ser responsáveis por aposentar Palio, Punto, Grand Siena e Linea, enxugando a linha Fiat. Isso gera pouco espaço para o Tipo 2018, que precisaria vender-se apenas na posição do Bravo, já dominada por concorrentes que estão entre os mais vendidos do mundo, como Golf e Focus.

O próprio desenvolvimento de um projeto latino-americano é demonstrativo de que os modelos europeus mais sofisticados não parecem ter planos de desembarcar por aqui. Neste cenário, a chegado do Tipo 2018 – ou qualquer ano em um futuro próximo – parece pouco provável aos olhos da montadora.

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas