Início » Carros » Fiat Grand Siena 2017: facelift e manutenção

Fiat Grand Siena 2017: facelift e manutenção

O Grand Siena 2017 deve chegar ao mercado brasileiro com uma reestilização leve, fazendo com que sua vida desde 2012, quando recebeu o “upgrade” da Fiat para uma categoria superior de sedãs contraste com sua dinâmica no mercado nacional.

Circulando pelo Brasil desde 1998, o Siena já foi um sedã de entrada, e recebeu uma promoção para tornar-se um sedã intermediário com o tamanho e conforto beirando o sedã médio – que, no caso da Fiat, era o Linea.

É sempre válido fazer a diferenciação: a linha “oficial” do modelo é o Grand Siena. No entanto, a versão de entrada ainda é vendida pela marca, aos moldes do que acontece com o Palio e o Palio Fire – esta versão, por sua vez, é chamada de Siena EL, e geralmente está distante dos holofotes da marca.

Conheça o Grand Siena 2017, assim como as principais especulações sobre a reestilização do modelo:

Mudanças no Grand Siena 2017

As mudanças do Grand Siena 2017 ainda são incertas. No ano de 2015, uma unidade camuflada do Grand Siena foi vista em circulação perto da fábrica mineira da Fiat, mas nenhum anúncio de reestilização significativa foi feito desde então, ficando a expectativa de quando elas seriam colocadas em prática.

Novo Fiat Grand Siena 2017

Na verdade, é seguro dizer que poucas foram as mudanças no modelo desde a sua subida de categoria, resumindo as ações a questões de tecnologia interior e itens adicionais.

Apesar da expectativa, a reestilização deve chegar leve, considerando que há dois segmentos nos quais a Fiat está verdadeiramente focada: o de subcompactos, com o lançamento do Mobi, e o de picape intermediária, com a estreia da badalada Toro.

Mecânica e itens adicionais

Nos aspectos mecânicos, o modelo de 2017 deve manter-se muito parecido ao atual: motores 1.4 e 1.6, com a opção do câmbio Dualogic já conhecido em modelos Fiat para o maior deles.

Fiat Grand Siena 2017 interior

Os itens adicionais devem investir em conectividade. A grande dúvida é se o Grand Siena 2017 irá adotar o novo sistema multimídia da marca anunciado para seus lançamentos, ao invés do sistema já um pouco ultrapassado que o carro apresenta nas versões atuais.

Manutenção de posicionamento

Se os modelos para 2017 apresentam reposicionamentos importantes em praticamente todas as marcas (fato que vai desde o Gol na VW até as linhas de picape, que terão um novo segmento apresentado), o Grand Siena 2017 não deve ser um deles.

Na Chevrolet, por exemplo, a linha de sedãs abaixo do Cruze devem receber um onda de upgrades em função da redefinição do Onix, fazendo com que Prisma e Cobalt aumentem o valor e a tecnologia embarcada.

O Grand Siena, no entanto, que já passou pelo processo no ano de 2012 não apresenta expectativas de reposicionamento, dando espaço para mudanças estratégicas para os dois lançamentos da Fiat em 2012: Toro e Mobi.

O carro deve seguir se posicionando como um sedã intermediário com espaço e conforto, mas com valor inferior a um sedã médio – estabelecendo-se neste segmento geralmente focado em pequenas famílias ou famílias jovens que buscam entrar com conforto no mercado de sedãs.

Fiat Grand Siena 2017: Preços e versões

  • Attractive 1.4 Flex: A partir de R$ 50.750
  • Essence 1.6 Flex: A partir de R$ 55.950
Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas