Início » Carros » Audi A1 2018: mais espaçoso e tecnológico

Audi A1 2018: mais espaçoso e tecnológico

O Audi A1 2018 já está com lançamento garantido, e trará novidades interessantes para o modelo. A montadora alemã não faz nenhuma questão de esconder que esta será a nova geração do compacto premium. Também não esconde o fato de que suas dimensões aumentarão, e que haverá um nível significativamente maior de tecnologia embarcada.

Trata-se de uma revelação bastante ousada da montadora. Para quem acredita no velho ditado que diz que “em time que está ganhando, não se mexe”, pode parecer até mesmo imprudente. O A1 é o modelo que mais vende da marca, e a atualização de geração deve ser significativa. O Audi A1 2018 deve ser inspirado em seu luxuoso irmão A8.

Deve tornar-se mais espaçoso e tecnológico, e mais padronizado na linha global. A ideia é que ele mantenha distância de outros hatches que não configuram-se como premium, mas carregam cada vez mais tecnologia de ponta. Além disso, é o último de sua categoria a ser atualizado, e uma possível defasagem é algo que não pode ocorrer neste segmento.

Confira o que espera-se do Audi A1 2018, e o que há de novo na segunda geração do compacto:

Nova plataforma gera melhorias estruturais

Uma das principais mudanças relacionadas à troca de geração do A1 está na mudança de plataforma. Como é de se esperar no grupo VW, o modelo adotará a MQB em sua versão mais enxuta, a A0. É a mesma plataforma que será utilizada pela nova geração do Polo europeu, o que leva a crer que suas medidas serão muito próximas.

Isso resulta em mais espaço interno para o modelo, que crescerá em relação à geração atual. O porta-malas também deve crescer, atingindo um volume próximo aos 300 litros.

Motorização com várias opções

Sabe-se, também, da intenção da montadora de desenvolver uma gama mais variada de motores à disposição do mercado. Fala-se recorrentemente na adoção de um três cilindros aperfeiçoado. A opção será um 1.0 TSI, capaz de gerar cerca de 100 cavalos de potência.

Nas linhas mais avançadas, um quatro cilindros 1.0, também TSI, seria capaz de gerar cerca de 160 cavalos de potência.  Sem confirmações para 2018, é possível que uma opção híbrida seja desenvolvida para competir com as tendências ainda incipientes na concorrência.

Mudanças visuais leves evoluem traços já conhecidos

No que diz respeito ao design, as mudanças devem ser significativas, mas nada verdadeiramente surpreendente. O Audi A1 2018 deve ser inspirado no A8, enquanto guarda as boas características da primeira geração. Os faróis devem receber a merecida atualização com o LED diurno aos moldes dos outros modelos da Audi – o que possivelmente é seu problema visual mais perceptível, atualmente.

A traseira deve contar com spoiler integrado, o que o garante um toque mais esportivo. Segundo informações da mídia especializada em outros países, a traseira parece mais inspirada no A3. Isso garante um visual mais atual e agressivo para o modelo, que já é interessante em sua versão atual.

Alta concentração de equipamentos e sofisticação interna

Por dentro, as maiores e mais esperadas mudanças. A primeira delas, é claro, é o Cockpit Virtual da Audi, um de seus pontos mais fortes em itens de conforto. No caso do A1 2018, espera-se uma generosa tela de 12,3 polegadas, integrável por Apple CarPlay e Android Auto.

O sistema também poderá interagir com com smartphones através de hotspot Wi-Fi, garantindo conectividade para todos os passageiros do veículo. Isso indica a aposta do modelo na conectividade, para atrair um público mais jovem.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas