Início » Leis de trânsito » Novas placas do Mercosul já confirmadas no Brasil em 2017

Novas placas do Mercosul já confirmadas no Brasil em 2017

Desde o início de 2016, as novas placas do Mercosul eram tema de debate no país. A estimativa era de que o CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) aprovasse sua adoção ainda em janeiro, mas a escolha acabou atrasando, e só foi confirmada em maio deste ano.

A decisão polêmica, que irrita muitos motoristas, possui uma série de justificativas. Ela faz parte de uma soma de fatores técnicos e políticos importantes. São, por exemplo, mais seguras, oferecendo maiores possibilidades de combinações. Além disso, são um passo importante no sentido da integração no Mercosul – dentro do qual o Brasil é o maior país, e um dos grandes responsáveis pelos passos lentos da organização.

Novas placas Mercosul

As novas placas do Mercosul já possuem modelo e data confirmados para sua chegada. Por isso, separamos as principais informações para que você tenha toda a atualização necessária a respeito do assunto:

Como serão as novas placas do Mercosul?

As novas placas do Mercosul possuem uma série de características diferentes das atuais. Elas possuem visual e padrão semelhante ao modelo da União Europeia, mas cores e características próprias. Entre estas características, estão:

  • Fundo branco, letras pretas e faixa azul claro na porção superior da placa;
  • Na faixa azul, constará: o símbolo do Mercosul (à esquerda), o nome do país (ao meio) e a bandeira do país (à direita);
  • Em vez das tradicionais três letras iniciais e quatro números posteriores, serão quatro letras e três números, sem ordem definida, desde que os o último dígito seja um algarismo;
  • Veículos não particulares terão apenas as cores das letras e números modificadas, diferentemente do modelo atual que modifica o fundo e as letras;

Maior segurança e integração

A justificativa para a mudança está no maior nível de segurança e de possibilidades do novo modelo. O modelo atualmente adota no Brasil é capaz de fornecer até 175 milhões de placas diferentes, enquanto as novas placas do Mercosul são capazes de gerar 450 milhões de códigos diferentes.

Placas Mercosul

Além disso, uma série de medidas de segurança adicionais tornarão as placas mais autênticas. Isso dificulta o processo de falsificação com marcas-d’água, selos, faixas holográficas e detalhes escritos dentro das letras.

Além do Brasil, os outros países que integram o Mercosul adotarão as novas placas, unificando o banco de dados sobre veículos no bloco. Isso torna o trabalho de fiscalização nas fronteiras muito mais eficiente, além de ser um grande passo a fazer da integração.

Datas e prazos

Segundo a decisão do CONTRAN, as novas placas passarão a ser adotadas já em janeiro de 2017. Até o ano de 2020, a implementação das novas placas do Mercosul será obrigatória em todos os veículos em circulação no Brasil.

A partir de 1º de janeiro de 2017, todos os veículos emplacados ou transferidos já receberão a nova placa automaticamente, sem possibilidade de escolha do proprietário.

O fim da personalização

Para quem costuma ter um ou outro capricho com seu veículo, há uma notícia ruim adicional. As novas placas do Mercosul não permitem a personalização da placa, e são distribuída aleatoriamente.

Isso significa que não será possível escolher seu número da sorte, ou fazer uma combinação de letras mais avançada em relação ao mercado atual. A decisão parece definitiva, e as personalizações atuais serão perdidas na nova placa.

Comentar

Clique aqui e deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas

Gostou desse carro? Dê sua nota!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...
teste