Início » Motos » Yamaha Neo 125 2017: Visual urbano e renovado

Yamaha Neo 125 2017: Visual urbano e renovado

A Yamaha Neo 125 2017 é a retomada da marca japonesa nas scooters de entrada. Apesar da existência prévia da NMax na linha e da própria Neo até o início da década, trata-se de uma retomada singular.

A NMax carrega um motor de 160 cilindradas, assinada como um scooter verdadeiro. A Neo produzida até 2012, por sua vez, era mais motoneta do que scooter, caracterizada por seus aros mais generosos.

A Yamaha Neo 125 2017, recentemente lançada, é destina para atender o mercado de scooters urbanas e acessíveis. Trata-se do mais prático e urbano possível. Uma opção popular para quem busca agilidade nas ruas.

Saiba tudo sobre a Yamaha Neo 125, e saiba o que esperar do modelo:

Aposta recorrente no mercado de scooters

Não é nenhum segredo o movimento da Yamaha de pronunciar-se na categoria de scooters. A própria NMax, com visível cuidado e freios ABS que faltam em muitos modelos mais avançados demonstra a atenção recebida pela área.

A revitalização da Neo 125, por sua vez, demonstra o desejo de obtenção de uma linha mais completa. Com preço sugerido inferior a oito mil reais, a intenção é criar uma opção essencialmente urbana que fuja dos vícios de motos tradicionais de menor cilindrada.

Do modelo anterior, apenas o nome

Como já mencionado anteriormente, o lançamento da Neo não estreia um nome novo na linha Yamaha. Durante oito anos, iniciando em 2004, a versão homônima já circulou pelas ruas brasileiras. Também um modelo de entrada, a diferença estava no fato de tratar-se de um estilo mais motoneta, com rodas maiores de aro 16.

A scooter atual é mais arrojada, com design acertado e razoavelmente esportivo. A potência é adequada, atingindo os quase 10 cavalos. Além do nome, a Yamaha Neo 125 2017 herda o antigo concorrente, a Honda Biz.

Leveza e porte compacto geram agilidade

A proposta da Yamaha Neo 125 2017 parece bem acertada e sem pontas soltas. Resultado disso é a boa recepção do público e da mídia especializada. Seu porte reduzido e estrutura bem contida tornam a Neo ágil o suficiente em contexto urbano, com menos de 100 quilos com o tanque cheio. Além disso, oferece uma impressão de segurança que pode chamar a atenção de motociclistas recentes.

Prova disso é a expectativa da montadora para as vendas. Espera-se que cerca de 80% das vendas sejam destinadas a novos motociclistas, com público-alvo feminino marcado em grande presença em função da leveza para manobras.

Aspectos mecânicos

Com 125 cilindradas e 9,8 cavalos de potência, a Yamaha Neo 125 2017 não conta com algumas das boas características de seu irmão maior, o NMax. Sem conjunto de freios ABS, os diferenciais em relação à concorrência não são tão claros, embora diferentes testes apresentem vantagens.

É o caso, por exemplo, da experiência de pilotagem, que boa parte da mídia atribui como mais agradável do que a concorrência. Resta saber se, nesta categoria, este tipo de análise atinge tão profundamente o público consumidor.

Já disponível no mercado com vantagens de manutenção

Já à venda no mercado nacional, o Yamaha Neo 125 conta com um ano de garantia, além de assistência técnica 24 horas durante o período com a Central de Atendimento da Yamaha. O comprador conta, ainda, com a opção de seguro nacional fixo com a montadora, a despeito de cidade ou perfil do condutor.

A opção torna a compra ainda mais benéfica para novos condutores, que estejam em perfil comumente mais caro em seguradoras em função da idade e da inexperiência. Para possíveis compradores em grandes cidades, o valor fixo também a vantajoso, diminuindo nos custos de manutenção, especialmente para aqueles que pretendem trabalhar com o modelo.

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas