Início » Carros » VW Virtus 2018 promete chegar em janeiro

VW Virtus 2018 promete chegar em janeiro

Desde os primeiros anúncios e especulações a respeito do VW Virtus 2018, as expectativas para aquele que seria uma espécie de sedã do Polo eram altíssimas. Não à toa, o modelo foi trabalhado pela mídia internacional ao redor de todo mundo, especialmente no que dizia respeito ao design do modelo, que teve pequenos teasers divulgados a respeito de suas linhas gerais e silhueta.

A notícia agora, apresenta um caráter um pouco mais prática: VW Virtus 2018 deve chegar ao mercado em janeiro de 2018, segundo a própria montadora. Não se sabe se a mesma data é aplicável para o mercado brasileiro, mas é possível, dada a boa recepção do Polo por aqui.

VW Virtus 2018

Saiba mais sobre o VW Virtus 2018, e quais são as expectativas que crescem em torno do sedã, que deve dar as caras no mercado dentro de poucos meses:

Completando a linha de sedãs da VW

VW Virtus 2018 traseira

Construído sobre a mesma versão da plataforma global que é utilizada para o Polo, o VW Virtus 2018 chega ao mercado brasileiro com a missão de ocupar o espaço deixado entre o Voyage e o Jetta, dois modelos muito distantes no catálogo da montadora.

Antes de mais informações chegarem ao mercado nacional, especulava-se bastante a respeito da categoria do modelo, falando-se até mesmo na substituição do Voyage, da mesma maneira que o Polo poderia retirar o Gol da linha. A grande diferença entre os dois sedãs da montadora, no entanto, ofereceu espaço para que o VW Virtus 2018 chegasse com espaço próprio, sem maiores complicações.

Ainda sem data ou preços no Brasil

VW Virtus 2018 interior

Janeiro de 2018 é a data estabelecida para a chegada global do VW Virtus 2018. É possível (e desejável, inclusive) que o modelo apareça aqui de forma quase simultânea. Não foi o caso do Polo, no entanto, que serviu como base para o desenvolvimento do sedã, o que abre espaço para algum tempo de atraso.

O preço também não foi divulgado, embora especule-se que ele não esteja acima do valor de seus principais concorrentes no mercado, uma vez que é necessário obter uma parcela que tradicionalmente não é detida pela VW, no mercado brasileiro.

Concorrência difícil

Um dos maiores desafios do VW Virtus 2018 será, no caso brasileiro, vencer a concorrência. Embora o mercado de sedãs já não tenha toda a glória do passado desde a invasão de SUVs, há um segmento particularmente interessante pelas montadoras, que é habitado por modelos como o Honda City, o Chevrolet Cobalt e, no próximo ano, o Cronos – sedã do Fiat Argo, que compete basicamente na mesma faixa que o Virtus.

Diferenciais devem seguir a linha do Polo

Como propostas do VW Virtus 2018, espera-se uma linha de tratamento muito semelhante àquela que o Polo recebeu – a diferença, neste caso, é a inexistência de um Golf no qual se apoiar para a campanha de marketing.

Por dentro, no entanto, espera-se a mesma tecnologia e acabamento que estão sendo tão bem recebidos pela crítica, no geral. Elementos de tecnologia e conectividade devem complementar motores econômicos, que fazem parte da nova proposta da VW após os escândalos com poluentes.

Especula-se sobre a possibilidade de um display digital nas versões mais avançadas, para gerar um apelo tecnológico verdadeiramente significativo, aos moldes do Audi A4.

Motorização ainda não divulgada

Não há grandes promessas para o que se pode esperar do VW Virtus 2018 no que diz respeito ao motor. Fora das declarações oficiais, no entanto, já se fala nas mesmíssimas opções destinadas ao hatch: um turbo TSI 1.0 e o MSI 1.6. A versão aspirada do 1.0 deve ficar de fora para fazer com que o veículo seja afastado do Voyage.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas