Início » Carros » Volkswagen Tiguan 2018 deve inaugurar próxima geração

Volkswagen Tiguan 2018 deve inaugurar próxima geração

Sem receber tanta atenção aparente por aqui, o Tiguan 2018 é um dos principais focos da VW nos EUA no que diz respeito a uma boa por mais força dentro do mercado. Por lá, o modelo receberá atualizações na nova geração para ganhar maior protagonismo no segmento das SUVs, coisa que a VW parece ter aceitado ter falhado por aqui – ao menos por enquanto.

Com sua chegada no Brasil ainda sem data definida, resta observar quais são as novidades definidas para o modelo nos EUA, como um exercício de adivinhação sobre o que esperar para o mercado brasileiro no futuro breve.

Confira o que vai mudar no Tiguan 2018 da VW norte-americana, e o que isso significa:

Migração para a plataforma MQB

Uma das novidades para o Tiguan 2018 é o fato de que – assim como praticamente todos os VW em próxima geração – ele adotará a arquitetura MQB, a estrela global da montadora. Isso deixa o modelo mais espaçoso, especialmente na relação de entre-eixos, que ganha mais de 11 cm.

O espaço adicional permite, também, uma terceira fileira de bancos, que  será disponibilizada para algumas das versões, aumentando o apelo de conforto do modelo.

Motorização atualizada

Não é apenas em questões estruturais que a nova geração apresenta novidades. Seu motor 2.0 de quatro cilindros também é atualizado, chegando a cerca de 190 cavalos e mais de 30 kgfm de torque, o que é bastante interessante para seu tamanho. O bloco será sempre combinado com uma transmissão automática de oito velocidades.

Volkswagen Tiguan 2018

Para quem optar por um modelo de tração integral, haverá um sistema de seleção de modo de condução para o motorista, que possui quatro modos prévios distintos, que variam entre o uso de pista, fora de pista e de neve (o que já indica uma provável mudança entre o modelo de lá e a versão brasileira).

Os modos são facilmente selecionados através da tela central do console, que oferece explicações e indicações sobre o melhor uso do dispositivo. Tanto este dispositivo de seleção de forma de condução quanto o câmbio de oito velocidades devem ficar para os vizinhos ao norte, ao passo que o mercado brasileiro deve receber, na próxima geração do modelo (que provavelmente não será o Tiguan 2018, por aqui), uma versão um pouco mais simples para manter a competitividade.

Linha bastante elástica

Fato interessante é a elasticidade de proposta e preço das versões do Tiguan 2018 nos EUA. Embora o preço ainda não tenha sido oficialmente divulgado, espera-se que suas versões girem entre flexíveis valores que iniciam em torno dos 25 mil dólares e atingem os 40 mil dólares.

Volkswagen Tiguan 2018 traseira

Com a variação, o modelo passa a ocupar uma parcela significativa do catálogo de SUVs da VW – fato que provavelmente mudará com a chegada dos novos crossovers e SUVs mais compactos. Por enquanto, espera-se ao menos quatro versões iniciais do Tiguan 2018, aos moldes do que já ocorre com o modelo atual.

Tecnologia e itens generosos

Para quem quiser investir na linha superior do Tiguan 2018 dos EUA, o conjunto de itens certamente não decepcionará. A primeira novidade é a adoção do tão esperado cockpit virtual da Audi, que torna-se gradativamente o novo ás da tecnologia para a VW.

Volkswagen Tiguan 2018 interior

Além disso, o modelo será um dos primeiros a incluir o serviço online chamado Car-Net, exclusivo da VW, que reúne uma gama de elementos interativos. Obviamente, o modelo ainda conta com tecnologia de integração, como Apple CarPlay e Android Auto. As saídas de som são todas projetadas pela Fender, e o teto solar panorâmico dá uma sofisticação adicional aos modelos mais caros da linha.

Adicionalmente, todo o pacote de segurança autônoma, como câmeras, aviso de coligação e frenagem emergencial automática é prometido para o Tiguan 2018, que estreia sua segunda geração.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas