Início » Todos os posts » Carros » I.D. Vizzion: VW apresenta conceito que pilota sozinho

I.D. Vizzion: VW apresenta conceito que pilota sozinho

Os Volkswagen I.D. Vizzion é uma novidade que chamou a atenção de todos os presentes no Salão de Genebra do último ano. Embora a assinatura I.D. não seja exatamente uma novidade, a modelo em sedã e uma série de novos dispositivos empolgou, e coloca a VW como uma das potências em veículos autônomos e elétricos em um futuro próximo.

Entre as novidades trazidas pelo modelo, o sistema de integração interno e a proposta completamente autônoma dão uma ideia de “carro do futuro”, enquanto o visual sedã futurista deixa claro o tom dos modelos elétricos da montadora alemã.

Volkswagen I.D. Vizzion

Em seu interior, o modelo apresenta o conceito que promete apagar de vez os escândalos de poluição da marca, posicionando-a como uma vanguardista tecnológica. Entenda o que torna o VW I.D. Vizzion tão popular, e porque o conceito é um dos destaques do Salão de Genebra:

Família I.D. empolga mercado elétrico

O I.D. Vizzion não é o único modelo da montadora alemã que carrega a sigla como parte de sua identidade. A linha ID, já mostrada através do ID Buzz, é a família futurista, elétrica e autônoma da montadora, adaptando-a às principais tendências do mercado de tecnologia.

Embora cada modelo atenda a uma proposta, algumas características já são percebidas a respeito do que a VW enxerga como o futuro do mercado automotivo. Um dos destaques é a noção de que os modelos não exigirão um volante ou comandos que estejam visíveis. Pelo contrário, os carros serão um espaço de convívio e entretenimento, o que significa dizer que as tecnologias visíveis serão voltadas para o conforto, enquanto as tecnologias de navegação trabalham para levar os passageiros ao local desejado.

Para isso, a linha I.D. conta com uma espécie de host virtual, que reconheça as pessoas e gestos, oferecendo aquilo que elas ordenam sem que precisam dizer explicitamente. Obviamente, as aplicações práticas destas tecnologias ainda são um pouco distantes, mas a visão da montadora certamente empolga o público.

Sedã elegante empolga nos aspectos visuais

Quando falamos em carros elétricos e aspectos futuristas, geralmente imaginamos aquele visual excessivamente higienizado, de linhas fluidas, mas sóbrias. No caso do VW I.D. Vizzion, a fluidez está presente, e os traços não são estranhos para o conceito tradicional de design futuro. No entanto, é clara a sua intenção de ser um carro visualmente interessante, que agrade aos gostos atuais.

Volkswagen I.D. Vizzion portas abertas

O resultado é um sedã elegante, de linhas sempre fluidas, mas que dão espaço para um aspecto mais musculoso que agrada à primeira vista. Além de transbordar a noção de tecnologia, o carro passa a impressão de desempenho de qualidade, o que é bastante importante para fugir do lugar comum dos elétricos.

Volante dá lugar a experiência mais confortável

Se os elétricos já são uma realidade e a VW não está na ponta pioneira do setor, o mesmo não pode ser dito a respeito dos autônomos comerciais. O I.D. Vizzion é a concretização de um conceito com o qual a montadora flerta há bastante tempo: um veículo independente o suficiente para abrir mão dos volantes e comando de direção.

Volkswagen I.D. Vizzion interior

O conceito não apenas dirige por conta própria, mas deixa claro que não precisa de ajuda ao liberar o painel e, consequentemente, os passageiros, para aproveitarem seu tempo de formas mais produtivas. Já pensou entrar de manhã no carro e ler um livro, ou simplesmente tirar um cochilo até chegar ao trabalho?

Além dos benefícios da autonomia, a VW promete um sistema que reconhece os passageiros recorrentes, e sabe quais são suas preferências. De acordo com o perfil, ajusta temperatura, som e demais opções de entretenimento e conforto do veículo.

Motorização e autonomia são destaques do elétrico

Embora a autonomia seja um grande destaque, um bom veículo se faz sob o capô, e o desempenho de um elétrico ainda é uma preocupação no que diz respeito à autonomia. Neste quesito, o I.D. Vizzion parece ter feito a tarefa de casa: com 225 kW, ele é capaz de chegar a até decentes 180 km/h, e a autonomia pode chegar a 665 quilômetros com as baterias carregadas e regeneração de frenagem ativada.

O que esperar de verdade do I.D. Vizzion?

Ninguém nega que o conceito do I.D. Vizzion é impressionante. Com boa autonomia nas baterias e capacidade de navegar sozinho pela cidade, tudo indica que o modelo é a própria revolução automotiva.

O problema é a distância entre o conceito e a realidade, ainda não abordada pela VW. Tempo de desenvolvimento, custos e downgrades são fatores que preocupam em relação ao produto final, e devem frear as expectativas dos consumidores mais interessados, nos próximos anos.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas