Início » Carros » Volkswagen Delivery Express 2018 aumenta a família de carga VW

Volkswagen Delivery Express 2018 aumenta a família de carga VW

Resultado do declarado investimento da montadora alemã no segmento de caminhões e ônibus, o Volkswagen Delivery Express 2018 é um conceito muito interessante de veículo de carga apresentado ao mercado.

Com sua estreia já confirmada para outubro de 2017 no Brasil, e posterior estreia no México e em outros mercados, o modelo produzido em terras brasileiras é um caminhão pequeno, com capacidade de carga de até 3,5 toneladas, mas com o diferencial de poder ser conduzido com a CNH B comum, sem grandes complicações burocráticas.

Volkswagen Delivery Express 2018

O diferencial está justamente nessa proposta de ser um veículo prático, com facilidade de condução, preço acessível e potencial de tomar para si uma parcelo do mercado dominada por modelos asiáticos com menos respaldo frente à interpretação popular de veículo de trabalho.

Saiba quais são os principais fatores apresentados pelo interessante Volkswagen Delivery Express 2018, um potencial best-seller no segmento de veículo de carga urbanos:

Versatilidade à família Delivery

A família Delivery é um dos focos da VW há algum tempo, sobretudo na América Latina. Com a óbvia intenção, já justificada em seu nome, de produzir veículos de carga, o segmento lança seu “compacto” no melhor estilo da montadora: acessível, sem complicações e pronto para o trabalho duro.

Com intenção de vendas entre um quinto e um terço do total do desempenho da linha, o Volkswagen Delivery Express 2018 é parte abaixo dos R$ 120 mil, com facilidade de condução em função de se enquadrar em uma categoria que pode ser dirigida pela CNH B, capacidade de carga superior a qualquer picape urbana e bom consumo.

Acessibilidade de condução para focar em novo público

É exatamente no quesito de condução que o Volkswagen Delivery Express 2018 parece ganhar mais pontos. Assim como seu concorrente na Hyundai, o Express poderá ser dirigido por condutores com CNH B.

Volkswagen Delivery Express 2018 lateral

De forma muito resumida, isso significa a importante redução de uma barreira: a necessidade de motoristas especializados para entrar no mundo dos caminhões propriamente ditos. Com uma habilitação regular para veículos de quatro rodas, o modelo já poderá ser dirigido, o que o torna muito atrativo para pequenos negócios produtores diversos.

Motor preparado para a cidade

Se 150 cavalos não são exatamente impressionantes para um motor turbodiesel de 2.8 litros, os quase 37 kgfm de torque deixam claros a que o Volkswagen Delivery Express 2018 veio: não fazer feio, sobretudo na cidade, quando estiver carregado.

Sua intenção é ser ágil para os ambientes em que a necessidade de transportar a carga precisar ser aliada à capacidade de enfrentar as típicas dificuldades urbanas. Isso mescla uma boa relação entre desempenho e consumo, tornando-o ainda mais atrativo para empresas que precisam dar um upgrade em sua frota.

Preço interessante

O preço também joga a favor do Volkswagen Delivery Express 2018. A partir de R$ 118 mil no mercado, ele é significativamente mais barato que a maioria das picapes médias – incluindo a própria irmã Amarok.

Em quesitos objetivos de utilidade, isso faz com que o veículo seja capaz de transportar uma carga maior a um custo significativamente menor. Haverá, ainda, descontos e convênios referentes a diferentes categorias comerciais, facilitando seu acesso a pessoas jurídicas.

DNA voltado ao trabalho

A VW não tenta enganar ninguém em sua proposta com o Volkswagen Delivery Express 2018. A despeito da facilidade de condução por qualquer motorista, seu DNA é completamente ligado ao trabalho duro. Enquanto a direção hidráulica é item de série, o ar condicionado é um opcional que precisa ser incluído para quem quiser o “conforto”.

A palavra de ordem, neste caso, é a praticidade e a objetividade, tentando trazer a melhor relação de custo em performance, preço e proposta.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas