Início » Outros veículos » Triciclos: História e características

Triciclos: História e características

Motorizados ou com força humana, os triciclos são veículos divertidos e que interessam a todos. Muitas vezes, são importante instrumento de trabalho, capaz de agilizar diversos processos.

No Brasil, diversas crianças iniciaram sua carreira de velocidade em pequenos triciclos plásticos. Na época, provavelmente não sabiam da longa história que aquele tipo de equipamento possuía, já há alguns séculos.

Atualmente, há diversos modelos – com diferentes intensidades tecnológicas – de triciclo disponíveis no mercado. Entenda a história e as características deste tipo de equipamento:

Triciclo

Os triciclos na história

A história dos triciclos retoma a tempos anteriores até mesmo à invenção da bicicleta. A origem deste tipo de transporte de três rodas foi baseada nas carruagens tradicionais. O desenvolvimento deste tipo de tecnologia originou-se da vontade de se desenvolver um versão menor, mais fácil de ser movimentada, com alguns mecanismos adicionais.

Os primeiros registros históricos dos triciclos partem da segunda metade do século XVII, cerca de um século e meio antes da invenção da bicicleta de duas rodas. A primeira versão de um triciclo é atribuída a uma relojoeiro alemão chamado Stephan Farffler. Segundo conta a história, o relojoeiro pensou em uma invenção que o auxiliasse, uma vez que não conseguia mais andar.

Assim, ele desenvolveu uma pequena carruagem individual, com três rodas. O modelo utilizava-se de um mecanismo simples em torno da roda dianteira, semelhante a uma correia atual. Ela permitia gerar força de torção, gerando potência para a propulsão.

Alguns anos mais tarde, outros modelos também foram inventados. Na França, por exemplo, o primeiro registro data de 1797, com a invenção do primeiro triciclo movido a pedais.

Exploração comercial

Perto do final do século XIX, o desenvolvimento comercial das bicicletas contribuiu com o desenvolvimento de outros mercados mecânicos. Entre os beneficiados, estavam os triciclos. A maior expansão de sua produção ocorreu na Inglaterra, onde diversos modelos popularizaram-se rapidamente.

Estima-se que, no período, mais de 120 modelos diferentes eram produzidos no mercado britânico, com cerca de 20 fabricantes espalhados pelo território. No mercado inglês, os triciclos eram os favoritos entre as mulheres, em função da sua facilidade de uso em associação com os longos vestidos – que dificultavam a utilização de bicicletas.

As bicicletas, por sua vez, eram mais populares entre os homens, que possuíam mais liberdade para pedalar, em função do vestuário. Isso não quer dizer, no entanto, que triciclos não tivessem popularidade em meios masculinos. Foi na Inglaterra que surgiram as primeiras organizações estruturadas especificamente para corridas e provas com triciclos..

Tipos de triciclos utilizados atualmente

Atualmente, há diversos tipos e modelos de triciclos disponíveis no mercado. Eles são fruto de toda a carga histórica e variedade de utilização do dispositivo ao longo dos anos. Entre os mais comuns, encontram-se:

  • Triciclos Delta: são os tipos de triciclo mais comuns. Nestes, as rodas são dispostas atrás ou ao lado do piloto, garantindo boa estabilidade.
  • Triciclo “Girino”: é o dispositivo onde as duas rodas principais ficam na porção dianteira do veículo, em frente ao guidão.
  • Triciclo reclinado: pode ser feito em qualquer disposição de rodas. O que o caracteriza é o piloto posicionado de forma próxima ao solo e bastante inclinada – quase deitado.
  • Triciclos conversíveis: são aqueles que podem ser reconfigurados e convertidos em Delta ou Girino facilmente.

Veja também:

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas