Início » Carros » Toyota Yaris 2018: Nome global, modelo local

Toyota Yaris 2018: Nome global, modelo local

Se ao ler o título da expectativa de um Toyota Yaris 2018 você tiver a sensação de que já viu algo parecido, é porque provavelmente realmente o fez. A chegada do Yaris por aqui como um sedã compacto, entre Etios e Corolla não é nenhuma novidade.

Na verdade, o modelo era esperado entre os sedãs para a linha de 2017, mas atrasou em função de variações cambiais. No processo, a Argentina tornou-se um mercado  com perspectiva de lançamento mais rápida – o que fará o modelo ser lançado por lá antes.

Por aqui, o Toyota Yaris 2018 deverá fazer frente ao Honda City e ao futuro Santana, que vem sendo trabalhado pela VW para retornar em breve. O nome ainda não é garantido como Yaris, considerando que isso poderia causar confusão com o modelo global homônimo, que possui a mesma proposta que o carro a ser lançado por aqui.

Em tempos em que a Toyota apresenta o domínio entre os sedãs médios e ótimos resultados entre SUVs, a conquista de bons resultados nos modelos mais populares parece ter sido um pouco fortalecida. O Toyota Yaris 2018 deve ser uma adição para acrescentar ao objetivo, considerando que o City apresenta bons números para a Honda. Espera-se, apenas, que o conterrâneo não traga o mesmo azar para seu sedã médio.

Confira o que já se sabe e o que se especula sobre o Toyota Yaris 2018:

Nome global, modelo nem tanto

Quem acompanha o mercado europeu deve saber que o Toyota Yaris já roda por lá. Por isso, ao ler que o modelo será um sedã levemente superior ao Etios, pode haver algum surpresa em relação ao conceito.

A verdade é que, apesar do nome global, o Yaris brasileiro deve estar muito mais próximo ao Vios asiático do que a Yaris europeu. Em função da situação curiosa, é possível que o nome com o qual a imprensa lida atualmente ainda seja mudado antes do lançamento, para não haver confusão com o hatch compacto que circula no velho continente.

Motorização adequada para a proposta

Sob o capô, o sedã deve herdar praticamente todas as suas características do Etios, desde o motor até a transmissão. Deve haver uma única opção de motor, sendo o 1.5 de quatro cilindros, capaz de desenvolver 107 cavalos no Etios. Deve haver opções de transmissão manual ou automática, a depender da versão escolhida.

Lista de itens busca não reduzir competitividade

No pacote de itens, um misto de opções muito interessantes e escolhas para manter a competitividade do modelo deve marcar o Toyota Yaris 2018. Itens básicos como ar condicionado e direção elétrica devem somar-se à central multimídia com tela de 7 polegadas de boa conectividade.

Alguns dos bons itens de segurança da Toyota também devem estar presentes, incluindo sensores de obstáculos na traseira. O porta-malas deve ser adequado para a categoria, com mais de 320 litros previstos.

Possibilidade de fabricação nacional

Com a chegada antecipada para o mercado Argentino, pensou-se que o modelo poderia chegar importado de lá. No entanto, há grandes possibilidades de que ele seja produzido nacionalmente, na planta de Sorocaba. Ao que tudo indica, a produção deve ser iniciada na metade de 2017, após o remanejamento da linha de produção.

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas