Início » Carros » Tipos de pneu e como comprar

Tipos de pneu e como comprar

O pneu é item de segurança do veículo, mas nem todo mundo acerta na hora de comprar o produto. Hoje, eu trago dicas para você entender melhor os tipos de pneu e como adquirir o melhor para o seu carro.

Para começar, existem os pneus on-road, ou seja, aqueles usados predominantemente no asfalto. Eles possuem sulcos menores que aumentam a área de contato com o solo.

Já os off-road, isto é, os pneus utilizados em estradas de terra e lama, contam com uma banda de rodagem mais espaçada e sulcos mais largos, além de carcaça reforçada.

Existem também os pneus mistos, que, como o nome sugere, são indicados para os dois solos; oferecem características que permitem uso tanto no asfalto quanto na lama ou estrada de terra.

E tem uma outra categoria de pneu conhecida como “ecologicamente correta”. São os chamados pneus verdes. Eles são produzidos de forma diferenciada e com materiais que proporcionam leveza, menos barulho e menor resistência ao rolamento.

Os pneus verdes favorecem a redução no consumo de combustível e, geralmente, são de uso misto (on e off-road).

E todas essas categorias e funções não são à toa; muito menos por motivos estéticos.

Já pensou no que pode acontecer se um carro que anda exclusivamente na cidade for equipado com pneus off-road e vice-versa? Pois isso compromete a segurança dos passageiros e, é claro, a durabilidade do produto.

Antes de comprar pneus, entenda quais os principais tipos

Os pneus assimétricos surgiram da necessidade de conciliar exigências diferentes: pisos secos e molhados.

No primeiro caso, a aderência do pneu é melhor quanto mais borracha houver em contato com o solo.

No piso molhado, o pneu precisa ter sulcos para que a água escoe – e quanto mais bem-desenhados e pronunciados forem esses sulcos, mais resistente à aquaplanagem o pneu será.

As necessidades opostas, portanto, fazem do pneu assimétrico uma união de diferentes desenhos da metade da banda de rodagem montada no lado externo e daquela montada no lado interno.

Na prática, o lado de fora, com seus blocos maiores e mais próximos, ampliam a região de contato do pneu com o solo, especialmente nas curvas, quando esta área é mais requisitada.

Para melhor escoamento da água, o lado interno tende a ser raiado, possui blocos menores e mais distantes, com recortes pequenos.

Dicas sobre como comprar pneus

  • Verifique o tamanho e o tipo de pneu recomendado no manual do proprietário.
  • Delimite suas prioridades e necessidades. Por exemplo: vai dirigir na estrada de terra ou no asfalto? Prefere um carro mais macio, mais firme ou ambos?
  • Tenha certeza de estar adquirindo o pneu capaz de aguentar a carga que será carregada por seu carro. Nada de usar pneu de carro de passeio em veículo que atua como um utilitário leve.
  • Não compre pneus de uma categoria desnecessária. Na maioria das vezes, um pneu para todas as estações já basta, mesmo quando o vendedor sugerir um produto típico de passeio.
  • Tenha em mente que a escolha deve contemplar qualidade de condução, economia de combustível, eliminação de ruído,desgaste, capacidade de carga e, é claro, preço.

É função do revendedor e do consumidor chegar ao modelo de pneu que, preferencialmente, englobe todos esses itens.

Como você pode perceber no artigo de hoje, existem vários tipos de pneus, e a escolha deles não se resume ao preço e à disponibilidade.

Uma boa compra também não significa aparência incrível ou a marca do momento. Mas agora você tem as informações básicas para não derrapar nas negociações.

Então, boa sorte com seus novos pneus, e até mais!

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas