Início » Carros » Tipos de óleo para motor de carro: características e cuidados

Tipos de óleo para motor de carro: características e cuidados

Um dos requisitos mínimos para você se tornar um motorista cuidadoso é conhecer os tipos de óleo para motor de carro. A manutenção e cuidado desse aspecto garante um bom funcionamento do seu veículo e uma maior vida útil do mesmo. Nesse sentido, o primeiro a se analisar é a função do óleo dentro de um motor. Afinal de contas: para que serve o óleo?

Na sequência, é de extrema importância saber como e de quanto em quanto tempo realizar a manutenção do óleo do seu carro. Por fim, deve-se conhecer os tipos de óleo para motor de carro para saber qual escolher no momento da manutenção. As classificações dos tipos de óleo para motor de carro variam de acordo com a sua origem e a viscosidade. Vamos analisar cada tópico na sequência.

Tipos de óleo para motor de carro

Para que serve o óleo no motor?

Sempre que está funcionando, o motor do seu carro mantém diversas peças em movimento sincronizado. Para que esse movimento seja harmônico e não cause problemas para o motor, é importante manter o óleo de seu carro sempre em dia. Portanto, saber os tipos de óleo para motor de carro é também uma maneira de conservar seu motor, pois ele atua na lubrificação das peças.

Além disso, também é função do óleo atuar na refrigeração do veículo. De forma bem simples, se você for descuidado com o óleo, seu veículo pode ter problemas com superaquecimento e, em casos mais graves, seu motor pode chegar a fundir. Por isso, é necessário saber como manter a manutenção desse componente.

Como fazer a manutenção?

Há muitas controvérsias sobre a melhor forma de manutenção para o óleo de seu carro. Primeiro, vale ressaltar que é necessário um acompanhamento contínuo dos níveis de óleo do seu motor. Essa análise deve ser feita, no mínimo, uma vez por mês. Fora isso, o melhor para você saber exatamente quando deve realizar a troca é acompanhar as recomendações do manual do seu veículo.

No manual, haverá a discriminação do tipo de óleo e da quilometragem correta para que a troca seja feita. Geralmente, quando você mantém as revisões sazonais na concessionária, os mecânicos seguem as recomendações para o seu modelo de carro. Há diferentes recomendações dadas por diferentes marcas de lubrificante, mas o melhor é seguir aquilo recomendado pelo seu fabricante.

É de extrema importância não esquecer as trocas, pois o óleo, com o passar do tempo, vai perdendo sua eficácia e sua pureza. Por consequência, impurezas presentes no óleo irão circular pelo motor e podem até mesmo aderir a partes específicas, prejudicando o bom funcionamento da máquina.

Tipos de óleo

Por fim, vamos finalmente à classificação que demonstra os tipos de óleo para motor de carro. Primeiramente, podemos diferenciar os tipos de óleo para motor de carro de acordo com a sua origem. Nessa perspectiva, existem os óleos de origem mineral, óleos sintéticos e semissintéticos. Os de origem mineral advém da separação dos componentes do petróleo. Os sintéticos são produzidos em laboratório por meio de processos químicos. Os semissintéticos são resultado de uma mistura dos dois anteriores.

Na sequência, os outros tipos de óleo para motor de carro se diferenciam por conta de sua viscosidade. Essa propriedade se relaciona com o fato do óleo ser “grosso” ou “fino”. Um óleo com alta viscosidade lubrifica mais, pois consegue retirar mais impurezas impregnadas no motor. Contudo, ele apresenta menor mobilidade. Os chamados óleos de multiviscosidade são aqueles que apresentam diferentes viscosidades em diferentes temperaturas. Isso é visto pela numeração que aparece no recipiente do óleo.

Essa numeração se apresenta assim: “10W40”. O primeiro número demonstra a viscosidade em temperaturas frias, enquanto que o segundo mostra em temperaturas quentes. Fora isso, existem outras diferenciações de acordo com os aditivos que o óleo recebe e isso pode fazer o óleo ser mais ou menos recomendado para o seu tipo de carro. Por fim, lembre-se sempre de manter a manutenção em dia e de escolher bem seu óleo, pois isso pode evitar maiores problemas com seu motor.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas