Início » Motos » Suzuki Hayabusa 2017 recebe poucas mudanças

Suzuki Hayabusa 2017 recebe poucas mudanças

A Suzuki Hayabusa 2017 está entre as esportivas que desenvolveram sua própria mítica, e praticamente dispensam longas apresentações e revisões. Já vendida nas concessionárias da Suzuki pelo país, o modelo apresenta poucas novidades em relação à versão anterior, o que está longe de ser um problema.

Altamente agressiva, desde seu visual até os números da motorização, o modelo precisa de pouca atualização para continuar sendo impressionante. Sabendo muito bem disso, a Suzuki não poupa esforços para que a esportiva chame a atenção por onde quer que passa, desde o visual, até o som do motor.

Saiba mais sobre a Suzuki Hayabusa 2017, quais as novidades e quais as características deste sonho de consumo de muitos pilotos que buscam a esportividade sobre duas rodas:

Visual chama a atenção

Falar bem sobre a questão estética da Suzuki Hayabusa 2017 pode ser até redundante. Basta olhar as fotos do modelo para compreender que trata-se de algo diferenciado. A sua carenagem é excepcionalmente desenvolvida para passar pelo ar com o mínimo de resistência possível. Vem a calhar, no entanto, que o resultado deste trabalho seja visualmente fantástico.

Este é, aliás, um dos pontos forte do modelo. Embora pareça agressiva de forma comercial, com o objetivo de chamar a atenção, tudo em sua estrutura é parte de coopera com a performance. A aparência única colabora com uma menor resistência e proteção do piloto, tornando o consumo de combustível mais eficiente.

Além disso, utilizando-se de materiais leves, é capaz de entregar uma moto potente por 260 kg, o que resulta em uma excelente relação de potência – obviamente refletida no desempenho.

Motorização é a grande estrela

Apesar de os aspectos visuais chamarem a atenção de todos que passam por perto da moto, é o propulsor que é a peça central do modelo. O grande quatro cilindros em linha do modelo garante doses cavalares de potência (com o perdão do trocadilho), incluindo um excelente torque.

Suzuki Hayabusa 2017

Além disso, como todo o modelo é pensado em performance, a passagem de ar empurra ar em grande pressão para o motor, o que aproveita ainda mais as nada modestas 1.340 cilindradas do bloco.

O resultado é cerca de 200 cavalos de potência máximos, e um torque de 15,81 kgfm, para deixar qualquer sonhador que ainda não possui uma esportiva de alto desempenho verdadeiramente empolgado. Em circuitos mistos, o modelo demonstrou desempenho superior a 11 km/l, o que torna seu tanque de 21 litros bastante razoável.

Tecnologia também merece destaque

Além da tecnologia na mecânica e do próprio “esculpimento” da carenagem, outro ponto que merece destaque é a tecnologia reunida no painel, além do bom gosto do display. Sem recorrer a modismos, o painel reúne mostradores analógicos e digitais bonitos e muito bem resolvidos. Isso dá um toque especial à esportividade do modelo.

Quanto custa uma Hayabusa?

Já às vendas nas concessionárias Suzuki, o preço da hiper-esportiva beira os R$ 63 mil. Embora não seja exatamente acessível, é um valor comparativamente razoável para quem busca performance de ponta.

O modelo foi, durante anos, a moto de série mais veloz do mercado, o que demonstra que o custo não é nenhum exagero para o status decorrente do modelo.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas