Início » Carros » Subaru Legacy 2017: sedã premium chega ao mercado global

Subaru Legacy 2017: sedã premium chega ao mercado global

O Subaru Legacy 2017 é um sedã premium que nem sempre recebe a atenção de modelos mais populares contra os quais concorre. Obviamente, não é culpa da imprensa, de forma geral: em um mercado com Ford Fusion, Honda Accord e Toyota Camry, é difícil focar muito esforço em um Subaru, mais conhecido por sua confiabilidade e dirigibilidade do que em seu apelo emocional, propriamente dito.

A verdade, no entanto, é que o Subaru Legacy 2017 possui diversos pontos fortes. Esta é, aliás, uma de suas principais características: trata-se de um carro bom em praticamente todos os aspectos. Desde a dirigibilidade, até a eficiência do motor em relação ao combustível, o modelo é bastante completo.

Além disso, o modelo recupera-se em um dos aspectos geralmente apontados como ponto fraco da Subaru: ele é verdadeiramente bonito. É bem verdade que o design é uma questão de gosto, mas é difícil dizer que o Legacy seja virtualmente feio, ou absolutamente sem graça, como se pode falar de alguns outros modelos da montadora.

Saiba mais sobre o Subaru Legacy 2017, seus pontos fortes e avaliações da imprensa internacional:

Performance e consumo

O Subaru Legacy 2017 foi lançado no mercado global com basicamente duas opções de motor. Uma delas é a 2.5i, e a outra a 3.6R – ambas, é claro, equipadas com tração integral e câmbio automático CVT.

O 2.5i é um clássico boxer Subaru de quatro cilindros, capaz de entregar mais de 175 cavalos de potência. Com essa configuração, ele não é exatamente o carro mais potente de seu segmento. Na prática, fazendo de zero a cem em torno de 9,5 segundos, a opção o torna o mais lento no segmento de sedãs premium. Já no que diz respeito ao consumo, seus números parecem ignorar o fato de que trata-se de um modelo com tração integral, e oferecem valores muito competitivos.

Subaru Legacy 2017

Já o 3.6R é um seis cilindros que desenvolve mais de 256 cavalos de potência. Novamente não se trata da melhor performance no que diz respeito ao segmento, mas já pontua muito melhor do que o irmão menor. Seu consumo, no entanto, é um fator positivo, podendo atingir 12 km/l – o que é impressionante para um carro com este peso, tração integral e um grande bloco.

Segurança digna de Subaru

Se na performance o Subaru Legacy 2017 não vai muito além do razoável, é na segurança que o modelo destaca-se. Todas as suas versões contam com controle de tração e estabilidade, ABS, câmeras traseiras e um generoso conjunto de airbags.

Além disso, as versões mais avançadas oferecem pacotes de assistência, com ligações emergenciais, notificação de colisão e, até mesmo, acesso remoto à localização e ao controle do carro, em caso de necessidade de recuperação após roubo.

Subaru Legacy 2017 traseira

Outro destaque deve ser dado ao pacote de tecnologia assistida de condução batizada de EyeSight, presente em quase todas as versões – menos na versão de entrada. Trata-se de um conjunto de câmeras e sensores que mapeiam o movimento ao redor, detectando e evitando colisões com pedestres, carros e desvio da faixa. Caso seja identificada alguma dessas situações de risco, o veículo intervém automaticamente sobre a condução.

Como geralmente espera-se de um modelo da marca, o Subaru Legacy 2017 recebeu a pontuação máxima em praticamente todos os testes de colisão utilizados nos EUA, incluindo colisões frontais e laterais, assim como no teste de resistência do teto, e qualidade do apoio para a cabeça dos bancos em caso de colisão frontal.

Interior segue filosofia da marca

É praticamente previsto o interior de um Subaru, de forma geral. A filosofia da montadora é evitar abordagens inúteis, e adições que não façam sentido em aspectos práticos. Por dentro, é claro, não poderia ser diferente.

Subaru Legacy 2017 interior

O interior do Subaru Legacy 2017 é simples e direto. O material é de qualidade, e o acabamento é bem resolvido, com materiais agradáveis ao toque. O sistema operacional da central multimídia é bastante direto, podendo guiar o usuário através de itens simples, nos moldes de um smartphone.

O espaço é generoso, como é de se esperar na categoria, sendo bastante confortável para todos os ocupantes, com números muito parecidos ao da concorrência. Nada de excesso de adereços, ou itens adicionais, no entanto, são encontrados.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas