Início » Carros » Subaru Forester 2017: SUV chega ao mercado japonês

Subaru Forester 2017: SUV chega ao mercado japonês

Apresentado no Salão de Automóvel de Tóquio, o Subaru Forester 2017, em toda sua linha, já é vendido no mercado japonês. O SUV é oferecido por lá por um valor equivalente aos SUVs mais baratos do mercado brasileiro (obviamente, é necessário ainda considerar diferenças nos encargos entre os países).

Diferentemente de boa parte do catálogo da Subaru, o modelo recebeu diversas modificações significativas, tanto em seu visual, quanto nos itens e na parte mecânica. A atualização era razoavelmente necessária, pois o mercado japonês já exigia um pouco mais de sofisticação do que o modelo era capaz de oferecer até então.

A entrada do novo Subaru Forester 2017 faz jus à marca japonesa, conhecida pela mecânica sempre ajustada, bons itens de segurança e, sobretudo, uma boa escolha racional no que diz respeito ao custo-benefício.

Saiba quais foram as mudanças realizadas no Subaru Forester 2017, jà às vendas no Japão:

Design melhorado

Lidar com o design de seus veículos não é exatamente o ponto forte da Subaru, embora – em alguns modelos em especial – a montadora consiga atribuir um nível de personalidade que poucas marcas são capazes.

O Subaru Forester 2017 está na lista dos modelos que são visualmente adequados, mas não oferecem nada exatamente sólido para chamar de seu. Com um desenho típico da linha padrão da Subaru, ele conta com uma grade hexagonal e com o redesenho dos faróis, mais afilados do que o modelo anterior.

Embora visualmente ofereçam pouca empolgação, a Subaru justifica a mudança como uma melhoria da visibilidade para o motorista, uma vez que o novo formato favorece os luzes em LED. O aerofólio (neste caso, sim, praticamente apenas estético) passa a ser de fábrica em mais versões do modelo.

Mais sofisticação no interior

Por dentro o Subaru Forester 2017 recebe novos materiais e acabamento de maior qualidade e cuidado. Na versão Touring, por exemplo, um couro marrom, em tom natural, perfurado contrasta com a costura à mão. Na versão, o couro é presente até mesmo nos painéis da porta, no console central e em diversos detalhes menores do interior.

Subaru Forester 2017 interior

Além disso, todas as versões passam a contar com um novo volante, carregado de comandos especiais, além de integração direta com Bluetooth e configurações do modo de condução. As rodas, também com novo design podem variar entre 17 e 18 polegadas, a depender da versão adquirida.

Outro destaque da SUV é a melhoria em relação ao isolamento acústico do modelo – antiga reclamação dos donos de anos anteriores. Os vidros, forros e piso receberam reforços acústicos para garantir uma experiências mais tranquila e quieta no interior do modelo.

Subaru Forester 2017 traseira

Para os mais exigentes, as versões Touring proporcionam até mesmo volante aquecido, assim como acesso keyless e sistema de partida sem chave. Configurações automática de assentos e controle digital da temperatura, é claro, são itens de série na maior parte das versões.

Performance e dirigibilidade

O Subaru Forester 2017 é herdeiro – e um dos representantes – da fama da montadora japonesa como uma excelente experiência de condução. Em geral, um Subaru é sempre entendido como um carro confiável, inteligente e responsivo. Por isso, seus motores tendem a mudar pouco, mas quando mudam, sempre chamam a atenção.

Subaru Forester 2017

No caso do Subaru Forester 2017, as mudanças foram em revisões e aprimoramentos. A primeira delas foi no 2.5i, combinado com câmbio CVT automático, que teve melhorias apresentadas especialmente no que diz respeito ao seu consumo.

Além disso, o sistema Active Torque Vectoring foi adotado desde as versões iniciais. Ele auxilia a desenvolver uma melhor relação entre as marchas, garantindo resposta mais inteligente em acelerações e curvas, além de otimizar a tração do SUV em todas as situações.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas