Início » Carros » Riscos de usar combustível adulterado

Riscos de usar combustível adulterado

Usar combustível adulterado no carro é extremamente prejudicial para o veículo e, adicionalmente, um risco para a segurança do usuário. Infelizmente, perceber que você está caindo no golpe do combustível adulterado, pode ser difícil.

Muitas vezes, só é possível perceber o problema quando o carro já andou uma boa quilometragem, e o combustível adulterado começa a gerar problemas para o veículo – que podem custar caro.

Entenda quais são os principais riscos de usar combustível adulterado, e como perceber o problema:

O barato sai caro

combustivel-adulterado

Não é a primeira vez que você leu sobre isso, a respeito de veículos – e não será a última. Se você está passando pelo posto de gasolina e ele está muito mais barato do que todos os concorrentes, desconfie imediatamente.

Ter um bom preço em um posto, não é impossível, mas quando a diferença é muito grande, é importante ter atenção. Além de gerar problemas de durabilidade e funcionamento, o combustível adulterado raramente gera economia.

Mesmo que encher o tanque seja mais barato, com ele, sua octanagem mais baixa fará o litro render menos quilômetros de autonomia. Além disso, o possível custo para consertar as peças com problemas certamente não compensa o preço muito mais baixo do litro.

Permanência de resíduos no motor

De todas as partes de um carro, o motor concentra as peças geralmente mais caras para a manutenção. Com combustível adulterado, a parte que mais sofre com o problema é, obviamente o motor.

Isso pode custar, em médio prazo, alguns milhares de reais para ser consertado, no futuro próximo. Além disso, o risco de ver o motor falhando em um momento essencial é extremamente preocupante.

No caso do combustível adulterado, um dos maiores problemas está nos resíduos. À medida que seu carro é abastecido com este tipo de combustível, sua queima gera resíduos dentro do sistema de combustão. O resultado, é o emperramento ou dificuldade de articulação das peças.

Isso reduz significativamente a vida útil do motor e a sua segurança de utilização. Os danos ocorrem desde as peças plásticas – de maneira mais rápida – a parte essenciais, como os pistões.

Se seu carro precisa de trocas constantes de peças feitas de borracha ou plástico, desconfie do posto onde você costuma abastecer – pode ser um indicativo de gasolina batizada.

Problemas na injeção eletrônica

A injeção eletrônica é a responsável por determinar as quantidades necessárias de combustível dentro dos cilindros que servirão de propulsão para o carro. Ela garante que a quantidade correta de combustível seja recebida, sem prejuízos para o motor.

Quando o combustível é adulterado, no entanto, o sistema não atua da forma correta, pois não consegue interpretar aquele tipo de utilização. O resultado pode ser  um desempenho inconstante do veículo, que pode resultar na danificação da injeção eletrônica – e você parado no acostamento, esperando pelo guincho.

Sinais do combustível adulterado

blindagem-contra-combustivel-adulterado

A maior dificuldade de identificação do combustível adulterado está na forma como lidamos com o combustível. Chegamos ao posto, pedimos para abastecer e pagamos. Não temos contato com o combustível, o que acaba dificultando o processo.

A melhor ideia costuma ser pedir testes de pureza, se o posto ofertar, ou procurar por selos das bandeiras, que garantam a qualidade do combustível oferecido. Se possível, procure um mesmo posto para abastecer, e avalie a qualidade do combustível. Quando um posto abastece por um longo prazo sem demonstrar problemas, isso diminui as chances de você ser enganado naquele local.

Converse, também, com outros motoristas e taxistas. Procure por pessoas com experiência na área, que possam auxiliar você na busca por melhor qualidade de combustível.

O etanol também pode ser adulterado?

Sim, o etanol também pode ser adulterado, causando problemas semelhantes ao de outros tipos de adulteração. Se seu carro for flex e tiver dificuldades de pegar em dias frios, fique atento. Este é um dos sintomas mais comuns da adulteração de etanol.

Veja também:

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas