Início » Carros » Duster 2018: SUV da Renault pode ter sete lugares

Duster 2018: SUV da Renault pode ter sete lugares

A Duster 2018 está cotada para apresentar a nova geração do SUV compacto da Renault, mais provável para 2019 no Brasil. A atualização é chamada de Projeto HJD nos bastidores da montadora, e deve chegar antes à Europa, possivelmente sendo lançado em 2018.

Por isso, para fins de simplificação, todas as menções sobre a Duster 2018 deste artigo fazem referência à nova geração que chegará em breve, mesmo com a probabilidade de que só apareça por aqui para a linha 2019.

A nova geração tende a ser significativamente maior, cogitando-se até mesmo a adição de um fileira de assentos ao modelo. Não haverá troca de plataforma, mas ela sofrerá algumas adaptações para suportar o novo comprimento do veículo.

Saiba quais são as expectativas para a Duster 2018, e quais as novidades esperadas para a nova geração da SUV:

Nova geração chega antes na Europa

Ao que tudo indica, a próxima geração da Duster deve aparecer antes na Europa, por onde o modelo deve ser apresentado ainda em 2017. No velho continente, o modelo é oferecido pela Dacia, subsidiária romena da Renault.

Por lá, algumas informações já foram até mesmo divulgadas pela montadora romena. Entre as novidades já divulgadas, fala-se na adição de uma fileira e na troca do câmbio automático. No Brasil, o modelo só deve receber atenção após a apresentação do Captur, o que coloca a Duster 2018 para depois do Salão do Automóvel de São Paulo.

Motorização será mantida, mas transmissão deve ser atualizada

Ao menos no modelo europeu, a intenção é que os mesmos motores 1.6 e 2.0 do SUV atual são mantidos. As novidades devem estar mais relacionadas ao câmbio: a Dacia deve adotar o DK0, versão própria do CVT padrão automático.

Atualização visual segue tendências do mercado

Por fora, as atualizações da Duster 2018 deverão seguir algumas tendências surpreendentemente óbvias do mercado. Além de tornar-se mais larga e arredondada, para equilibrar-se com o novo comprimento, a aparência do modelo será um pouco mais aproximada dos conceito da Renault do que da Dacia.

Destaque deve ser dado para as lanternas do modelo, que – ao que tudo indicam – serão quadradas. A substituição das lanternas verticais é uma clara inspiração em um concorrente de porte maior, o Renegade.

Considerando o aumento do modelo, é possível esperar uma Duster 2018 com acabamento mais sofisticado e itens de entretenimento mais atuais. O sistema multimídia também deve ser atualizado, adotando itens de conectividade superior ao que é atualmente utilizado.

Possibilidade de carroceria com sete lugares

Entre todas as expectativas sobre a nova geração da Duster, a possibilidade de nova configuração de assentos certamente é a mais relevante. Com a mudança de porte, ganhando 20 centímetros de comprimento, o modelo torna-se mais versátil para a adoção de novas características.

Por isso, a grande mudanças estará nas versões, que incluirão carroceria para cinco e sete lugares. A versão para cinco assentos mantém os 4,3 metros de comprimento. Já a versão maior contará com uma plataforma reforçada, que leva a carroceria aos 4,5 metros totais. Resta saber quais as influências da mudança no preço final do veículo. A depender da estratégia, a Duster 2018 pode ser o sete lugares com melhor custo-benefício do mercado.

Comentar

Clique aqui e deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas

Gostou desse carro? Dê sua nota!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...
teste