Início » Carros » Renault Captur 2017: Análise, lançamento, preço e fotos

Renault Captur 2017: Análise, lançamento, preço e fotos

O Renault Captur 2017 é uma das grandes expectativas do mercado para a montadora francesa no Salão do Automóvel 2016 em São Paulo, em outubro. O modelo faz parte do pacote de novidades da marca para 2017, que possivelmente indicam um reposicionamento no mercado.

Para quem espera por uma boa surpresa, diversas características já agradam. O Captur 2017 terá bom porte e visual interessante. É um veículo visivelmente melhor acabado do que a maioria dos Renault que chegavam ao Brasil, até agora.

Saiba o que esperar do Captur para o próximo do ano, e quais as características do novo SUV da Renault:

Renault Captur 2017
Renault Captur 2017

Lançamento do Captur 2017: Estreia tem data marcada

Já sabemos há algum tempo quando o Renault Captur 2017 aparecerá oficialmente. Desde antes de confirmar seu nome com “C” ou com “K”, o modelo já estava prometido para o Salão do Automóvel, em novembro.

A promessa confirmou-se, e o modelo faz parte do pacote de atrações da Renault. Junto ao Kwid e ao Koleos, o Captur é um dos modelos com a difícil missão de reposicionar a montadora no mercado brasileiro.

Suas vendas, no entanto, não são tão certeiras quanto a aparição. Após novembro, a expectativa é de que as vendas iniciem no primeiro semestre do ano seguinte. Não é descartada a possibilidade de o lançamento nas concessionárias ocorrer apenas no segundo semestre, por outro lado. Tudo dependerá da situação do mercado e do término definitivo do projeto.

Captur, com C

Uma dúvida que existia há algum tempo era a grafia do nome. As opções eram Kaptur – como lançado no mercado russo, ou Captur – na grafia do mercado europeu. A versão vencedora foi a escrita com “C”, indicando algo interessante.

Renault Captur 2017 foto
Renault Captur 2017

Entre as principais críticas atuais à montadora no Brasil está sua identidade mais próxima da Dacia, no leste europeu, do que da francesa Renault. A escolha do nome Renault Captur parece mandar uma mensagem clara ao novo momento.

Apesar da escolha do nome, deve-se destacar as características do modelo que chega por aqui. Na prática, ele é mais semelhante ao Kaptur russo, do que o modelo europeu. Por outro lado, pode-se justificar a escolha pelo segmento.

A versão russa, assim como a brasileira, é maior do que a europeia. Por aqui, há a preocupação dos efeitos da Captur sobre a Duster. Por isso, escolher um SUV um pouco maior garante autonomia aos dois modelos – o que faz bastante sentido, estrategicamente.

Renault Captur 2017: Preço compacto, tamanho superior

Como indicado, o Renault Captur 2017 não busca ser necessariamente um SUV compacto. Com 4,30 metros, o modelo tem um porte mais intermediário. A surpresa está no preço: parte de R$ 75 mil.

Renault Captur 2017 Interior painel
Renault Captur 2017 -Interior e painel

Com este valor, fica suficientemente afastado da Duster (e até mesmo da Oroch). Por outro lado, ainda é significativamente mais barato do que concorrentes como o Jeep Renegade e o Honda HR-V.

Isso coloca o modelo em um intervalo confortável para entrar no mercado sem impor riscos à Renault. Por outro lado, coloca grande nível de pressão por desempenho. Por ter a estratégia voltada para o custo-benefício, é necessário que venda bem, para que não decepcione.

Novo motor, mas sem tração integral

O propulsor será um 2.0, mas terá origem diferente do 2.0 do Renault Fluence, por exemplo. O novo modelo será o F4R, que adotará o câmbio CVT. O modelo terá cinco velocidades, e funcionará junto a uma série de tecnologias para diminuir o consumo de combustível.

Renault Captur 2017 traseira
Renault Captur 2017
Traseira

Até o momento, não há informações sobre a adição de tração nas quatro rodas. Ao que tudo indica, os primeiros anos do modelos passarão por algumas mudanças mecânicas. A tração integral é, possivelmente, uma delas – mas não há data definida para mudança.

Produção nacional

Ao que tudo indica, tanto o compacto Kwid quanto o Captur serão produzidos em terras brasileiras. O mesmo não é confirmado para o Koleos, que será importado – ao menos nos primeiros ciclos – pela montadora.

Os três modelos terão sua estreia no Salão do Automóvel, e representam o compacto, o SUV compacto-intermediário e o SUV mais sofisticado da Renault.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas