Início » Carros » Onix 2016: Decisões acertadas e bom preço

Onix 2016: Decisões acertadas e bom preço

O Onix 2016 é o segundo modelo do hatch da GM a obter grande sucesso comercial durante um ano inteiro. Após o início conturbado e a recuperação da confiança em seu nome, o Onix aproveitou o modelo 2016 com boas vendas, despedindo-se da versão atual com força para a próxima reestilização, que deve chegar em 2017.

Não oferecendo a tão esperada mudança no meio da geração, a Chevrolet garante a entrega de um veículo acertado e bem resolvido. A escolha dos motores, o visual já bem recebido e as opções de tecnologia interna são exemplos da maturidade do Onix 2016.

Chevrolet Onix 2016

Saiba tudo sobre o modelo que liderou as vendas nacionais no ano de 2016:

Consolidação de um sucesso

Vendido desde o último trimestre do ano de 2015, o Onix 2016 consolida o sucesso alcançado no período anterior. Com os bons resultados, é capaz de pavimentar o caminho para a próxima geração, que o substitui. Para muitos analistas, a consolidação do Onix 2016 é o próprio retrato da recuperação da GM Brasil, após fase difícil na montadora.

Onix 2016: Porte parrudo, visual interessante

O Onix 2016 destaca-se, visualmente, por ser porte. Embora não seja, tecnicamente, muito diferente da concorrência no que diz respeito às dimensões, a forma visual do modelo gera uma aspecto mais robusto e espaçoso.

Isso pode ser evidenciado em comparações entre os modelos concorrentes. Em boa parte dos casos, o Onix passa a impressão de ser um veículo mais volumoso e, consequentemente, confortável.

Somando-se isso às linhas visuais, propriamente ditas, o resultado é significativo. Em resumo, o Onix 2016 é um veículo atraente e bem resolvido e, ao mesmo tempo, passa a impressão de maior conforto do que a concorrência. Em um segmento onde espaço é um fator que pode preocupar, tal característica gera vantagens óbvias.

Problemas de consumo são coisa do passado

Ainda hoje, pode-se ouvir comentários negativos sobre o consumo do Onix, em rodas de conversa. Este é um peso que o modelo ainda carrega em função de seus primeiros anos de mercado. O veículo apresentava uma autonomia baixa – quase preocupante.

Chevrolet Onix 2015 - Interior e painel

No entanto, esta característica foi definitivamente abandonada em 2014. O Onix 2016, por exemplo, alcança um desempenho dentro da média de sua categoria – com melhores resultados do que alguns de seus principais concorrentes.

As escolhas de motorização feitas durante 2014 e 2015 foram acertadas, e mesclam desempenho adequado a boa autonomia. Isso permite que os proprietários preocupem-se menos com os antigos fantasmas do modelo.

Manutenção de motorização

É importante ter em mente que o Onix 2016 trata-se de uma atualização, e não de uma reestilização completa do modelo. Por isso, pouco foi modificado em relação aos aspectos mecânicos.

As duas opções de motorização, 1.0 e 1.4, seguem as mesmas. A versão de entrada possui opção única de câmbio manual, enquanto a mais potente pode ser escolhida com câmbio manual ou automático, com seis velocidades. Na versão mais potente, o propulsor é capaz de fornecer até 106 cavalos de potência para o Onix 2016.

Fechamento com chave de ouro antes da reestilização

Antes do lançamento do Onix 2016, muito foi especulado sobre sua chegada. Considerando o tempo de linha do modelo, era possível que a estilização chegasse ainda para ele, com o objetivo de manter a liderança de vendas.

No entanto, as principais mudanças ficaram para o modelo 2017, transformando o 2016 na união dos acertos feitos na geração atual. Trata-se de um carro sólido, que justifica seu bom posicionamento no mercado.

Com tecnologia interna avançada, incluindo a tecnologia MyLynk da GM, o Onix 2016 é um veículo bastante atual, com valor competitivo dentro do mercado. Adicionalmente, a boa rede de concessionário Chevrolet no Brasil ajuda na manutenção e no preço de revenda do modelo.

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas