Início » Carros » Novo Ford Ka 2017: mais completo, seguro e caro

Novo Ford Ka 2017: mais completo, seguro e caro

O Ford Ka 2017 foi confirmado pela montadora com a promessa de uma linha de fabricação única, mais possibilidade de sofisticação – especialmente na versão sedã – e maior segurança no interior do carro como uma atributo de série de todos os veículos.

O carro estará, portanto, mais seguro, mais confortável e levemente mais caro. Por outro lado, já era anunciado pela Ford que o Ka 2017 entraria no novo sistema de revisões – mais barato e esparso – dos três primeiros anos do veículo – fato que confirmou-se.

Confira as principais mudanças e características prometidas para o Ford Ka 2017:

Pouca diferença no visual

Foto: Preços Carros/Reprodução
Foto: Preços Carros/Reprodução

Com recente reformulação completa para fazer frente aos concorrentes que haviam chegado ao mercado brasileiro, o Ford Ka 2017 não deve apresentar mudanças visuais significativas.

As dimensões e traços do modelo devem ser basicamente mantidos, podendo-se considerar alguns ajustes simples para mantê-lo atualizado, de acordo com a linha global da montadora. A mudança da linha completa (incluindo o Ka+) para a produção de Camaçari não deve representar uma modificação significativa no visual do veículo.

Mais seguro e confortável

Se as mudanças visuais não serão significativas no exterior do modelo, a Ford anunciou que todos os Ford Ka 2017 serão fabricados na unidade industrial baiana da fábrica e sairão com cinto de segurança de três pontos nos cinco lugares do carro, além de apoio de cabeça adicional para o banco traseiro central.

Além disso, a fabricante já anunciou maior sofisticação no acabamento de algumas versões do veículo, que inclui tanto a versão hatch quanto a sedã – o Ka+. Opções como bancos de couro e sensor de ré de ré estão entre os confirmados para as versões mais requintadas.

Foto: Preços Carros/Reprodução
Foto: Preços Carros/Reprodução

Revisões replanejadas

O Ford Ka 2017 está entre os veículos da Ford que entrarão no novo plano de revisões da montadora, que inclui o replanejamento das revisões nos três primeiros anos de uso do veículo.

A partir da nova sistemática, haverá apenas uma revisão a cada 12 meses ou a cada 10 mil quilômetros rodados, durante os três primeiros anos de uso do veículo. No caso do Ka 2017, isso representa uma economia que gira em torno dos 30% do valor gasto em revisões durante o período.

Mais caro

Foto: Preços Carros/Reprodução
Foto: Preços Carros/Reprodução

Para quem pensa que há altruísmo na baixa de preços das revisões do Ka 2017, a alegria não deve durar muito. O modelo irá receber um aumento em suas linhas, sendo que o modelo de entrada recebe um reajuste muito semelhante ao valor bruto que o novo sistema de revisão economizaria para o consumidor.

Os mais conspiradores poderiam dizer que os novos preços do Ford Ka 2017 podem indicar um teste da Ford para observar a reação do mercado ao valor, cogitando a possibilidade de entrar no mercado dos subcompactos – o que exigiria um reposicionamento leve do hatch. Não há, no entanto, nenhum indício de que a Ford realmente considere a chance.

Em tempos de conformidade com a linha global da montadora, aliás, o segmento precisaria estar significativamente mais aquecido para que a estratégia parecesse possível.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas