Início » Carros » Toyota Corolla 2017: novidades para seguir na liderança

Toyota Corolla 2017: novidades para seguir na liderança

Embora uma nova geração tenha sido lançada em 2015, o Corolla 2017 já promete mudanças interessantes para se manter à frente na luta pelo predomínio de vendas no segmento de sedãs médios.

As mudanças são essencialmente visuais e estratégicas, adicionando instrumentos mecânicos que faziam falta para muito consumidores, no modelo, e aumentando ainda mais a sua competitividade em relação ao segmento.

Aproximando-se do modelo global

Por motivos mercadológicos bastante óbvios, a Toyota não possui o interesse de dizer exatamente o que deve mudar no modelo já anunciado para o final de 2016. Mesmo com as informações ainda seguras, o possível destino é apenas um: entregar um Corolla 2017 mais agressivo, adaptando-o às linhas globais à medida que a própria Toyota Brasil torna-se mais globalizada em relação à sua linha.

Sabendo-se dos estudos da montadora para o Prius e o C-HR no mercado brasileiro, é praticamente indiscutível que o Corolla 2017 introduza as linhas destes modelos, assim como já faz nos EUA e no mercado Europeu.

Isso significa que o modelo deva estar com uma dianteira mais horizontal e agressiva, com faróis longos e finos – menos protuberantes do que seus modelos anteriores. A traseira, já bem resolvida, muda apenas em alguns detalhes de harmonização, se realmente forem confirmadas as tendências globais para o carro.

Toyota Corolla 2017 foto
Foto: Primeira Marcha/Reprodução

Antecipando os concorrentes

Os mais conservadores diriam que “em time que está ganhando, não se mexe”, mas claramente não é este o pensamento da Toyota em relação ao Corolla 2017 – o que pode ser o segredo de sua liderança no mercado.

Com cerca de 45% das vendas do seu segmento, a japonesa aposta em manter-se sempre atual para seguir com números tão expressivos – especialmente em uma categoria onde não faltam opções.  A última geração do Corolla tem pouco mais do que dois anos, o que não exigiria, via de regra, uma mudança importante no modelo.

Estima-se que a principal justificativa para a reestilização seja para fazer frente ao novo modelo do Civic, que deve chegar na metade de segundo semestre. Mais robusta e musculosa, esta nova versão pode recuperar parte do segmento que havia perdido com seu design tão criticado.

Toyota Corolla 2017 traseira
Foto: Primeira Marcha/Reprodução

Controle de estabilidade e tração

No que diz respeito à mecânica, a maior modificação para o Corolla 2017 deve ser a tão esperada adição de equipamentos para controle de estabilidade e tração. O modelo era um dos únicos da categoria que ainda não trazia a opção – o que é um problema, a considerar-se o apelo familiar dos sedãs médios e sua constante ligação com a segurança.

A adição deve suprimir uma das maiores reclamações do público em relação ao carro, dando a chance de o Corolla 2017 buscar uma parcela ainda maior do segmento – o que significa ultrapassar a barreira de quase metade das vendas totais.

Motorização

Toyota Corola 2017 frente e faróis
Foto: Primeira Marcha/Reprodução

De acordo com as informações obtidas pelo mercado até o momento, o Corolla 2017 não deve apresentar mudanças no que diz respeito aos motores ofertados, quando for lançado em torno de novembro.

Devem ser mantidos os já conhecidos 1.8 e 2.0 de 144 e 154 cavalos de potência, respectivamente, com suas tradicionais opções de câmbio manual ou automático CVT.

1 Comentário

Clique aqui e deixe seu comentário

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas