Início » Carros » Nissan March 2018: Nova geração à vista!

Nissan March 2018: Nova geração à vista!

O Nissan March 2018 finalmente representará a atualização do modelo, que já a pedia há alguns anos. Na Europa, o modelo é chamado de Micra, e foi um dos principais destaques do último Salão do Automóvel de Paris entre as novidades da Nissan.

O March 2018 é muito melhor resolvido do que o atual, e deixa claro a que veio. Nada de visual genérico e escolhas questionáveis, como o modelo atual – o novo March inspira-se nos grandes para entregar um compacto atraente.

O hatch da Nissan terá produção nacional, embora seja importado do México inicialmente. Na Europa, ela já circula pelas ruas a partir de 2017, deve ser apresentado por aqui como Nissan March 2018.

Saiba tudo sobre o hatch da Nissan, e quais as expectativas para a nova geração do March:

Visual finalmente atualizado

Uma das principais atualizações no March 2018 será justamente a respeito daquilo que mais incomodava o mercado sobre ele: o visual. Seu design já chegou ao mercado brasileiro bastante cansado, agradando pouco os compradores.

Percebendo isso, a Nissan utilizou-se de outros modelos de sua linha com ótimo visual como inspiração. Em especial, o March 2018 chega perceptivelmente inspirado no Kicks. O novo estilo visual é mais próximo a uma versão compacta do Kicks, que é inegavelmente bonito.

Isso o torna mais agressivo e atraente, além de adotar o “capô flutuante” do modelo, que gera uma impressão bastante positiva. Finalmente suas linhas deixam de ser excessivamente conservadoras, e o modelo parece fazer parte dos veículos mais atuais, em vez de parecer ter sido esquecido no tempo.

Interior claramente inspirado no Kicks

Não apenas no visual externo o March 2018 chegará com várias semelhanças em relação ao crossover da Nissan. O modelo foi reorganizado e ganhou mais espaço, e o painel parece ter sido diretamente adaptado do Kicks. Desde o volante e o painel até a organização são claramente trazidos do irmão maior.

Os ganhos estão não apenas na organização e nas escolhas visuais, mas também nos instrumentos utilizados. O veículo torna-se melhor equipamento em vários sentidos – especialmente no que diz respeito ao conforto e à segurança.

Sensores automáticos para frenagem emergencial e alerta de desvio de faixa passam a integrar o hatch, assim como faróis automaticamente adaptáveis, colocando-o no topo dos modelos da categoria no quesito segurança. Soma-se, na Europa, o controle de estabilidade já confirmado para garantir uma boa dirigibilidade.

Outro ganho significativo é o novo sistema multimídia, altamente integrável, e com áudio de qualidade premium. A tela de sete polegadas pode ser conectada com smartphones através do Apple CarPlay. O som, nas versões mais avançadas, conta com um sistema de altíssimo nível da Bose, famosa fabricante de alto-falantes.

Não se sabe ainda quais destes itens chegarão ao mercado nacional, mas a tendência é que não haja tantos cortes assim. Por aqui, o modelo parece ter aprendido os efeitos de ser excessivamente conservador, e o mercado parece exigir cada vez mais diferenciais.

Motor europeu já é definido

Quando o modelo foi apresentado no Salão de Paris, sua motorização foi apresentada em conjunto. Sabe-se, no entanto, que é uma característica válida apenas para o mercado de lá, pois os motores apresentados são a diesel.

Serão duas opções: um tricilíndrico de 0.9 litros turbo e um 1.5 a diesel. As duas versões serão capazes de entregar 90 cavalos de potência. Fala-se, ainda, em um 1.0 comum a gasolina, que entregaria cerca de 75 cavalos, no total.

Estreia no Brasil deve ocorrer um ano depois do lançamento global

Por aqui, fala-se em March 2018 para fazer referência à nova geração do hatch. Na prática, trata-se do mesmo modelo que, na Europa, será lançado em 2017. O atraso de um ano não é muito grande, e diz respeito às adaptações necessárias na linha produtiva. A expectativa é que no final de 2017 ou início de 2018, o modelo já esteja nas concessionárias brasileiras.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas