Início » Carros » Manutenção da água do radiador: Como fazer?

Manutenção da água do radiador: Como fazer?

A manutenção da água do radiador, geralmente feita pelo frentista gentil que oferece uma checagem, é um assunto muito sério, que muitas vezes simplesmente ignoramos em um carro. Por parecer algo muito simples a básico, é comum cometermos o erro de ignorar a água do radiador.

Na prática, esse erro pode superaquecer o motor, fazendo com que ele simplesmente pare de funcionar. Grande parte dos carros são resfriados a água – justamente a água que está depositada no radiador. Ela percorre o sistema em torno do motor, baixando a temperatura dele para algo abaixo dos 100 graus Celsius.

Sem a quantidade correta de água, a peças simplesmente correm o risco de derreter e o motor para de funcionar, gerando um prejuízo de proporções verdadeiramente desagradáveis. Entenda como funciona o sistema do radiador, e qual a importância da manutenção da água do radiador para o correto funcionamento do veículo:

Como funciona o radiador?

Mais importante do que entender o funcionamento do radiador, que é relativamente simples, é entender sua importância. Todo motor veicular é um sistema fechado. Durante o trabalho, ele aquece bastante, ao ponto de poder ter seu funcionamento prejudicado em função da alta temperatura.

O radiador é um reservatório que resfria água através de trocas térmicas com o ar. Ele circula essa água resfriada através de mangueiras que percorrem o caminho do motor aquecido. O resultado disso é que a água “absorve” o calor produzido pelo motor. O propulsor, então, tem sua temperatura diminuída, e a água aquecida volta para o radiador para ser novamente resfriada e reiniciar o ciclo de resfriamento.

Este é o funcionamento básico do radiador. Embora pareça – e seja – razoavelmente simples, é absolutamente essencial para o funcionamento adequado do veículo. Sem ele, as peças do motor simplesmente iriam fundir após alguns metros de circulação. É por isso, também, que a manutenção da água do radiador é tão importante.

Quais medidas devem ser tomadas sobre a manutenção da água do radiador?

Existem basicamente dois tipos de medidas preventivas que devem ser tomadas. A primeira, preferencialmente semanal, é a verificação da água do radiador. Resume-se, basicamente, em observar se os níveis estão adequados para o correto funcionamento do veículo, como é esperado dele.

Uma vez por ano, por outro lado, é necessário realizar uma limpeza do sistema de arrefecimento. Este procedimento evita e previne a formação de entupimentos que podem prejudicar o resfriamento do motor com o tempo. Muitas tabelas de revisão já incluem o serviço – por isso é importante conferir com o mecânico responsável por seu veículo.

Se o serviço não fizer parte da manutenção preventiva, é necessário adicioná-lo na lista de tarefas do mecânico. Recomenda-se que ele sempre seja feito por profissionais, por envolver o manuseio mais delicado de certas peças no motor.

Como fazer a verificação no nível de água do radiador?

A verificação pode ser feita de maneira absolutamente simples. A manutenção da água do radiador em níveis corretor é uma questão de observação visual. No reservatório da água, feito de plástico, há marcas que indicam a quantidade mínima e máxima de líquido.

Se o nível estiver abaixo ou acima destas marcas, respectivamente, é necessário corrigir. A correção pode ser feita com uma simples mangueira, por exemplo. Faça o procedimento semanalmente. Se você perceber que o nível está recorrentemente incorreto, apesar de você corrigir toda semana, isso é indicativo de algum vazamento. Neste caso, leve para uma oficina de confiança o quanto antes. A atitude irá prevenir o superaquecimento do motor e eventuais gastos com sua (caríssima) reconstrução.

Ao fazer a manutenção da água do radiador, alguns cuidados são necessário. Sempre a faça com o carro desligado, com seu motor já resfriado. Nada de abrir a tampa após três horas de viagem para verificar o radiador.

Cada veículo utiliza um tipo de aditivo na água do radiador. Consulte o manual do seu carro e sempre tenha um pouco do líquido em casa, para fazer a “mistura” em casos de emergência. Se não se sentir confortável em fazer isso, simplesmente recorra a uma oficina de confiança. O procedimento não deve levar mais do que alguns minutos.

Comentar

Clique aqui e deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas

Gostou desse carro? Dê sua nota!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...
teste