Início » Motos » Kawasaki Z900 2018: supernaked chega ao Brasil

Kawasaki Z900 2018: supernaked chega ao Brasil

No Salão de Motos de Milão do ano passado, a Kawasaki Z900 2018 foi a principal novidade apresentada ao mercado global. Desde então, as expectativas sobre sua chegada no mercado brasileiro foram altas, e a boa notícia é que a espera finalmente acabou.

A naked Kawasaki Z900 2018 chega ao Brasil ainda no fim de 2017, com preço já definido e sem grandes mistérios, dado que seu lançamento global já revelou praticamente todas as características relevantes para o modelo.

Kawasaki Z900 2018

Leve, poderosa e com preço bastante competitivo, a Kawasaki Z900 2018 promete ser uma excelente opção para quem busca uma naked de excelente desempenho, sem a necessidade de buscar a Z1000 e seu preço ainda mais elevado.

Saiba o que esperar do modelo, e o que é prometido para a naked por aqui:

Preço definido para versão brasileira

Para quem estava com a ansiedade em alta, a boa notícia é que nem o preço é um mistério para a Kawasaki Z900 2018. No Brasil, o modelo deve estar disponível nas concessionárias com valor imediatamente abaixo dos R$ 42 mil.

A intenção é que o peso mais leve e a condução ainda mais esportiva permitam que a icônica Z800 seja oficialmente aposentada, estando o novo modelo ainda mais próximo do Z1000. Ainda não há confirmações, no entanto, se a chegada da Z900 aposenta de forma definitiva a atual 800.

Motor generoso

Kawasaki Z900 2018 painel

É claro que quando falamos de uma naked de alto desempenho como a Kawasaki Z900 2018, é no motor que toda a mágica acontece. Seu motor de 948 cc e quatro cilindros entrega até 125 cavalos de potência, e mais de 10 kgfm de torque.

Combinando com o propulsor, os freios ABS com disco duplo nas dianteiras fazem com que o modelo pare com melhor eficiência. Como é de se esperar, obviamente, a suspensão é altamente esportiva, combinando com a nova posição de condução.

Naked puro sangue

No Brasil, a chegada da Z300 auxiliou a popular as nakeds da Kawasaki de forma mais acessível. Quem espera que a Z900 seja simplesmente uma versão mais potente do modelo, no entanto, se engana: a Kawasaki Z900 2018 é desenvolvida para demonstrar sua ação como naked em cada detalhe.

Além do acabamento de alto nível e de todas as qualidades já demonstradas, seu desempenho é cuidadosamente projetado para refletir a performance esperada para uma supernaked. Das seis velocidades, as cinco primeiras são de relações mais curtas, garantindo que o uso urbano se destaque, enquanto a sexta marcha permite uma boa condução na estrada.

Estilo no painel de instrumentos

Quem pensa que o fato de ser uma naked exige um visual punk e industrial no painel de instrumentos, com mostradores analógicos e estilo retrô, é melhor rever seus conceitos. A Kawasaki K900 não tem medo de oferecer um painel completamente digita, com informações precisas e possibilidade de personalização de algumas leituras no computador de bordo interno.

Leituras instantâneas e consolidadas sobre a viagem convivem bem com o layout que gira em torno, é claro, da velocidade, apresentada em dígitos, em vez do tradicional velocímetro.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas