Início » Carros » Jeep Wrangler 2017 homenageia sua história

Jeep Wrangler 2017 homenageia sua história

Em um misto de tradição e renovação, o Jeep Wrangler 2017 é o que se pode considerar como uma verdadeira experiência Jeep, em seu sentido mais tradicional. Na prática, o modelo é o mais purista possível, e não há dúvidas de que se trata uma verdadeira homenagem da montadora aos adeptos do estilo.

Sua grande vantagem está na capacidade de reunir o mais tradicional que se pode esperar do modelo e as tecnologias atuais – não apenas voltadas para o conforto, mas essencial para quem busca colocar seu Wrangler em ambientes verdadeiramente off-road.

Confira quais são as novidades e características do Jeep Wrangler 2017, e o que o faz ser tão agradável para os fãs:

Reforçando a tradição

Provavelmente nenhum carro da atualidade é tão eficiente em retomar suas origens quanto o Jeep Wrangler 2017. Seu estilo é claramente próximo ao original, mas é cheio de identidade própria e novidades.

Todos os confortos esperados na atualidade reúnem ao visual old-school, deixando claro que a Jeep possui um padrão muito bem definido de clientes em potencial para o modelo. Falta, de fato, parte das tecnologias mais atuais e dedicadas, como um sistema de entretenimento mais atualizado. Mesmo assim, o modelo oferece todo o conforto esperado dentro de sua proposta, embora isso possa não parece suficiente dentro de sua faixa de preço..

Versões e características

Quando falamos que o Jeep Wrangler 2017 foca em características tradicionais, estamos falando realmente sério. Exemplo disso é a possibilidade de optar entre o modelo de duas e quatro portas.

Jeep Wrangler 2017

Cada uma delas conta com diferentes versões no mercado global – um pouco mais restritas por aqui. As variações incluem mudança de capota em lona ou material rígido, acabamento interior e adições tecnológicas – em especial relacionadas ao sistema de entretenimento.

A proposta do Wrangler é, e sempre foi, muito clara. Ele não pode ser entendido como um carro urbano e confortável no sentido mais moderno da palavra. Não se pode buscar, no Wrangler, a proposta de um SUV nos moldes atuais. Ele é a tradução do que se imagina efetivamente por um jipe.

Motorização forte

Assim como no modelo global, o Jeep Wrangler 2017 por aqui conta com um motor V6 de 3.6 litros, capaz de entregar 285 cavalos de potência e cerca de 36 kgfm de torque. De forma menos numérica e mais verbal, isso significa muita força.

Jeep Wrangler 2017 traseira

Obviamente, o Wrangler conta com tração nas quatro rodas com possibilidade de configuração da forma como a força é entregue. O modelo global combina o motor com duas opções de transmissão: uma manual de seis marchas, e uma automática opcional com cinco marchas.

Para que pensa que força de torque costuma estar associada com lentidão, testes levaram o modelo manual do zero aos cem em menos de sete segundos – uma melhoria realmente significativa em relação aos modelos anteriores do veículo.

Segurança não é o ponto mais forte do modelo

Algo que deve ser levado em consideração é que o modelo não apresenta os melhores resultados em testes de colisão ou estabilidade. Para sermos justos, existem itens que simplesmente não fazem parte da proposta do Jeep Wrangler 2017. Esperar por câmeras ou sensores de estacionamento, por exemplo, não é exatamente coerente, uma vez que o modelo não foi desenvolvido para a cidade.

Se este fosse o aspecto negativo da segurança, ela provavelmente seria relevada. Há, no entanto, algumas decisões questionáveis para o modelo. Airbags laterais dianteiros, por exemplo, são opcionais em quase todas as versões – e estamos falando dos modelos globais, não apenas de uma economia para mercado brasileiro.

Ainda no mercado global, o Jeep Wrangler 2017 recebeu avaliações bastante preocupantes em testes de colisão, estando entre os pior avaliados da atualidade, segundo o portal especializado Edmunds. Trata-se de algo preocupante para um modelo desenvolvido para ambientes verdadeiramente difíceis.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas