Início » Carros » Honda Accord 2017: Novidades anunciadas nos EUA

Honda Accord 2017: Novidades anunciadas nos EUA

No Brasil, o valor e a proposta de um carro como o Honda Accord 2017 o torna um pouco distante do mercado. Aqui, a expectativa da marca é vender menos de 200 unidades por ano – em 2016, por exemplo, foi vender apenas 120 em todo o território nacional. Acredita-se que o valor do modelo está mais associado ao seu prestígio em um catálogo.

Em outras palavras, comprar seu Honda Civic de uma mesma fabricante que produz um Accord torna o Civic mais atraente. É tudo relacionado à impressão passada para a marca como um todo, e não necessariamente uma estratégia direta de vendas.

Isso faz com que até mesmo seu esforço de marketing seja reduzido. O modelo retornou reformulado em 2016, para o Brasil, de acordo com as diretrizes do mercado norte-americano. É por lá, aliás, que o modelo realmente faz sucesso. É considerado um dos principais nomes em sedãs e, não raro, está nas listas de melhores carros do ano.

Isso auxilia parte do seu valor por aqui, embora sejam propostas de mercado bastante diferentes. Fato é que o que é anunciado por lá tende a chegar por aqui, através de importação. Por isso, é sempre interessante dar um pouco de atenção para o Accord 2017, na expectativa de adiantar sua chegada.

Mudanças recentes nos EUA

Da mesma forma como ocorreu no Brasil (afinal, o modelo é importado de lá), o Accord passou por uma revitalização significativa para o modelo de 2016. Isso garantiu, para ele, um bom nível de aprovação no mercado e na imprensa.

Focando em questões de conectividade e segurança, adicionou os sistemas Apple CarPlay e Android Auto em sua central multimídia. Além disso, uma série de sistemas e sensores foram adicionados, desde observadores de manutenção na via, até o sistema de mitigação de colisões com frenagem automática.

Honda Accord 2017: Interior e painel

Por isso, é claro, não se espera muita mudança verdadeira no Honda Accord 2017- o que não quer dizer que não se espere nada do modelo. Se, por aqui, sua competitividade é reduzida, nos EUA o modelo briga todos os dias para manter-se vendendo bem.

O que há de novo para o Accord 2017?

Quando falamos que há sempre algo para ser feito, neste caso, não falamos de pequenos detalhes. O modelo 2017 marcará o retorno do Accord híbrido para a linha dos EUA. Em 2016, não foi lançado nenhum híbrido por motivos de produção, o que deu tempo para que ele fosse replanejado e desenvolvido.

Não se sabe se a possibilidade vem para o mercado brasileiro em alguma de suas opções, mas represente um grande avanço ao norte do continente. Além disso, algumas versões ganharam assento de couro aquecido e opções diferenciadas de câmbio.

Mesmo motor

O Accord 2017 manterá uma de suas conhecidas características: motorização excelente para a categoria. Disponível em quatro ou seis cilindros nos EUA, por aqui importa-se apenas a versão V6 – e não há motivos para reclamar.

Honda Accord 2017: Foto traseira

O bloco é capaz de oferecer até 280 cavalos de potência, o que torna o sedã um excelente executivo, no quesito performance. É suficiente, por exemplo, para sair do zero aos cem em 7,2 segundos. Em um quilômetro de aceleração, é capaz de atingir quase 200 km/h de velocidade.

Além disso, o modelo apresenta bom nível de consumo de combustível. Na estrada, é capaz de fazer cerca de 13,3 km/l – o que não é nada mal para um V6. Na cidade, um litro de gasolina é capaz de suprir combustível para bons quase 9 quilômetros, o que não o torna um veículo beberrão.

Por aqui, não há motivos para esperar nada do híbrido ou de mudanças significativas, como as contidas na versão Sport. Ao que tudo indica, as intenções da montadora não incluem tornam o modelo um sucesso de vendas nos próximos tempos. apesar de investir bastante na valorização de sua imagem.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas