Início » Carros » Higienização automotiva: como funciona?

Higienização automotiva: como funciona?

Geralmente, associamos a limpeza de nossos carros a uma ida ao lava jato e um enceramento rápido, geralmente ignorado que é necessária uma higienização automotiva muito mais completa para que realmente estejamos em um veículo seguro para a saúde, até mesmo em relação a contaminações.

A verdade é que a quantidade de tecidos, carpetes, cantos escuros e eventuais sujeiras, restos de alimentos e vários outros tipos de combustível para fungos e bactérias. O surgimento destes microorganismos é praticamente inevitável: carros sempre oferecem um ambiente que favorece seu desenvolvimento, e é por isso que a higienização automotiva é necessária.

Enquanto a limpeza comum apresenta fins de estética, proteção e cuidados para o veículo, a higienização automotiva faz uma limpeza a fundo naquilo que geralmente é ignorado. Entenda melhor o que é o serviço, como ele é feito e qual sua importância para garantir que seu veículo esteja limpo e seguro:

O que é a higienização automotiva?

A higienização automotiva é uma limpeza profunda e cuidadosa nos locais geralmente ignorados na maior parte das lavagens. A limpeza é feito sob os bancos, sob as forrações e nos cantos mais escondidos, que geralmente nem cogitamos em limpar, mas favorece o desenvolvimento de bactérias e fungos que podem ser prejudiciais para a saúde.

Além disso, a higienização automotiva permite a retirada de manchas nos tecidos, e, obviamente, substitui uma limpeza interna comum.

Com que frequência a higienização automotiva é recomendada?

Tudo depende do tipo de uso que seu carro possui. Se você geralmente transporta crianças, se possui o hábito de comer ou beber coisas dentro do veículo, se transporta animais ou materiais orgânicos, a frequência ideal é fazer uma ou duas higienizações completas por ano.

Se nenhum destes casos for o seu, uma higienização a cada um ou dois anos deve ser suficiente para resolver o seu problema.

Como ela é feita?

A higienização automotiva é feita com muito trabalho duro, e os mais apegados ao veículo provavelmente não vão querer assistir. Bancos, carpete, estepes e até mesmo acessórios são desmontados e retirados do veículo. Aplica-se, então, os produtos necessários para a limpeza em todo o interior do veículo.

Em seguida, um extrator aspira e aquece o interior, retirando a umidade e esterilizando os tecidos e materiais internos. Isso permite que o veículo seja limpo e protegido de microorganismos ao mesmo tempo. Então, todo o interior é montado de volta, e os toques finais da limpeza são feitos – seu veículo estará higienizado e seguro!

É possível fazer a higienização automotiva em casa?

Fazer uma higienização automotiva caseira não é impossível, mas está longe de ser fácil. Atualmente, é possível encontrar o serviço por cerca de R$ 300. Para fazer os procedimentos em sua casa, será necessário adquirir os produtos e, claro, um extrator.

Além disso, você precisará desenvolver a prática de desmontar o interior do carro, limpar todos os cantos e montar de volta, com o cuidado necessário para que o veículo não fique parecendo uma escola de samba, batendo de todos os lados, após ser remontado.

Em geral, a relação de custo e tempo não costuma compensar fazer o serviço em casa. Mesmo assim, o procedimento ainda é possível. Se você quiser fazer isso de verdade, recomenda-se estudar os passos necessários e os produtos geralmente utilizados, além de contar com a ajuda de outras pessoas para o trabalho duro.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas