Início » Todos os posts » Dicas » Gasolina aditivada ou comum: qual gasta mais?

Gasolina aditivada ou comum: qual gasta mais?

Gasolina aditivada ou comum? Essa é a primeira pergunta que o frentista faz para quem pede apenas por gasolina no posto de combustível. Para responder à pergunta, geralmente falamos sobre a que normalmente utilizamos, sem saber ao certo qual é a diferença, e os motivos para usar a gasolina aditivada ou comum em cada carro.

Apesar da dúvida permear a cabeça de muita gente, geralmente a resposta é bastante simples e pode ser rapidamente consultada no manual do veículo, sem maiores transtornos. No entanto, aqueles que gostam de se envolver um pouco mais nos cuidados do carro podem encontrar um dilema e – para isso – é necessário entender as diferenças entre gasolina aditivada ou comum.

Leia também: Álcool ou gasolina? Qual é o mais econômico?

Saiba quais as diferenças entre os tipos de combustível e qual é o melhor para o seu carro:

Foto: Marcos Santos  / USP Imagens
Foto: Marcos Santos
/ USP Imagens

Qual a diferença entre gasolina aditivada ou comum?

A principal diferença entre gasolina aditivada ou comum é a presença de aditivos que atuam na limpeza do sistema por onde o combustível passa no veículo. A gasolina aditivada possui estes produtos, e auxilia na manutenção do motor, enquanto a comum não possui este tipo de adição, aumentando as chances de causar algum tipo de entupimento no sistema.

Qual é melhor?

Via de regra, a gasolina aditivada é mais benéfica para o veículo, por auxiliar em sua manutenção. No entanto, há outras formas de manter o sistema em dia sem precisar abastecer exclusivamente com a gasolina mais cara.

Em geral, tanto a gasolina aditivada quanto a comum possuem uma octanagem semelhante (diferentemente da gasolina premium), então a diferença em tempo real nem sempre é percebida pelo motorista. Em longo prazo, no entanto, a gasolina aditivada tem o potencial de evitar uma série de custos adicionais.

Como saber qual é a gasolina correta para o meu carro?

Todo carro é desenvolvido com um tipo de combustível em mente para seu funcionamento ideal. Geralmente, carros de alta performance são pensados com gasolina aditivada ou premium, enquanto veículos menos sofisticados não as exigem.

Você pode verificar se deve abastecer seu carro com gasolina aditivada ou comum diretamente no manual do veículo, que certamente apresenta estas indicações.

Quais as vantagens da gasolina aditivada?

A principal vantagem está na pureza do combustível em relação a detritos e nos aditivos que tornam o motor constantemente limpo, na parte que o combustível é percorre. Ao utilizar gasolina aditivada ou comum não há, no entanto, diferença de octanagem, como muitos pensam.

Quais as desvantagens de abastecer com o combustível “errado”?

No caso de carros que recomendam gasolina comum, não há nenhuma grande desvantagem do abastecimento com a gasolina aditivada, exceto o maior custo financeiro, sem observar nenhum tipo de vantagem expressiva.

No caso de carros que exigem um combustível aditivado, a principal desvantagem prevista é a perda da potência máxima do veículo.

É arriscado trocar da comum para a aditivada?

O recomendado, para quem pretende fazer a troca, é abastecer o tanque com quantidade híbridas, no caso de quem passou muito tempo abastecendo apenas com gasolina comum. A ideia é que a proporção da aditivada vá aumentando a cada nossa abastecida, até que se possa utilizar gasolina aditivada ou comum em todo o tanque, à escolha do proprietário.

Comentar

Clique aqui e deixe seu comentário

Carros 2019: Confira os principais lançamentos

Recurso de multas