Início » Todos os posts » Bicicletas » Food bikes: dicas para montar a sua e faturar

Food bikes: dicas para montar a sua e faturar

Uma tendência que vem fazendo cada vez mais sucesso mundialmente são as food bikes. Entender como se pode montar tal negócio é uma excelente oportunidade para quem espera mudar de vida. Se você não possui capital para adquirir um food truck, esta pode ser a melhor escolha.

De fato, um food truck é mais popular e está conquistando o cenário alimentício nas metrópoles nacionais. Eles até já têm uma legislação que é específica para esse tipo de venda de comida.

Contudo, o investimento que se deve dispor de início pode ser deveras exorbitante. Com isso, trocar o truck pela bike é uma forma alternativa de ainda ter seu negócio próprio.

Neste artigo, reunimos algumas sugestões para aqueles que querem saber a maneira mais fácil de montar seu food bikes e dar o pontapé inicial para a mudança na vida financeira.

Uma das vantagens é que tanto os investimentos quanto a burocracia são bem menores que os da montagem de um food truck. Outro fator que está levando ao crescimento deste tipo de empreendimento são as expansões de ciclovias que estão sendo feitas nos centros das cidades.

O que são os food bikes

Antes de entender como se monta um negócio sobre uma bicicleta, é preciso entender mais profundamente o seu conceito. Este modelo de empreendimento é a versão em miniatura de uma estrutura montada no food truck. O diferencial é que existem adaptações que são feitas dentro dos limites de cada veículo.

Ainda relacionado a tais limitações, o sentido é um tanto diferente que seu primo grandalhão. No entanto, isso não quer dizer que o segmento se afasta do princípio da refeição rápida.

É sabido que o food bikes está atrás quando se fala sobre certos recursos para este negócio, mas está na frente no que concerne à mobilidade. Por ser um veículo bem mais leve, a bicicleta pode permanecer nos locais onde o trailer não teria fácil acesso.

Food bikes

Dicas para montar food bikes e ter sucesso nos negócios

Identificação do público

À priori, para se ter sucesso em seu empreendimento é preciso fazer a identificação do público que quer atingir. Também é preciso se certificar quais são suas exigências.

Isso facilitará na hora de definir:

  • Os cardápios que serão disponibilizados;
  • Os tipos de bicicletas que precisarão usar;
  • A localização que ficará as food bikes;
  • As formas como os negócios serão divulgados.

Os públicos que consomem em uma bike é completamente diferente do que consome em um truck. Enquanto nos caminhões, os alvos são aqueles indivíduos que buscam refeições completas, nas bicicletas o foco é a fast food, como guloseimas, sanduíches e o que for rápido.

Defina o que irá vender na food bike

Depois de definir os públicos que serão seu alvo, é a vez de determinar qual será o cardápio que irá dispor. Essa é a escolha que irá definir o modelo que usará da bike. Sendo assim, dedique-se o quanto for preciso para concluir essa parte, pois será importante para o resto do projeto.

Uma boa sugestão é oferecer algo simples. O ideal é que seja algo pronto, tal como: salgados, bolos, tortas e doces. É preciso lembrar que os seus recursos para preparo são bastante escassos.

Uma das tendências deste mercado é a famosa gourmetização. Isso quer dizer que os produtos conhecidos podem ser trabalhados com certas diferenciações. A utilização de especiarias e produtos de primeira qualidade é essencial. Formas de apresentação mais sofisticadas serão o diferencial na hora de vender.

Não esqueça de verificar a legislação

Já possuindo o público e o cardápio definidos, é preciso passar para a próxima etapa que é verificar a legislação local. Procure saber se na cidade onde irá atuar é permitido o negócio e quais são as documentações necessárias para adquirir uma licença.

Todos sabem como a burocracia no nosso país pode ser complicada de lidar. Contudo, as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e BH podem servir de modelo. Não é tão difícil montar food bikes, na verdade é bem simples. Nos municípios que não possuem uma legislação em específico, vale a norma relativa a vendedor ambulante.

Food bikes

Qual é o custo para a montagem de food bikes?

Pode-se dizer que a maior vantagem a ser levada em consideração quando se pensa em abrir food bikes é basicamente o investimento de início. Para adaptar a bicicleta/ triciclo, o valor gira em torno de R$ 2.000,00 até R$ 15.000,00.

Para que os custos iniciais sejam ainda mais reduzidos você mesmo pode adaptar o veículo. Basta ter alguns conhecimentos em mecânica e de customização.

Tenha em mente que as divulgações do seu negócio terão um nível diferente de sucesso muito por conta da bicicleta. Sendo assim, tente fazer algo bem original, diferenciado, que tenha cores e designs chamativos. Desta forma conseguirá que seu empreendimento seja identificado de imediato, com vários clientes sendo atraídos pelo belo e divertido visual.

Se você optar por adquirir as bikes já adaptadas, leve em consideração algumas empresas que são especializadas nesse ramo:

Divulgando os seus negócios

Com tudo pronto, o que será que falta? A divulgação! Este é um ponto essencial se você quer ter sucesso nesse seu novo empreendimento.

A melhor maneira que se tem de divulgar food bikes é por meio da Internet. A apresentação é de menor custo que certas mídias que são convencionais, mas atinge o público-alvo do negócio.

As redes sociais podem te ajudar a alavancar a divulgação desse cardápio, mas não só isso. Twitter, Facebook e Instagram são ótimas ferramentas para se captar clientes em potencial e expandir sua gama de possibilidades. Faça um perfil nessas redes e comece já a faturar, pois, segundo pesquisas, é uma forma de retorno imediata.

Pronto! Com todas essas informações você certamente está preparado para dar início aos food bikes. Com a crise no sistema privado de empregos, ter seu negócio próprio é a melhor maneira de conquistar um crescimento financeiro.

Carros 2019: Confira os principais lançamentos

Recurso de multas