Início » Carros » Fiat Toro 2018: Melhorias no 1.8 e possíveis novidades

Fiat Toro 2018: Melhorias no 1.8 e possíveis novidades

Após todo o barulho da picape em seu lançamento, a Toro 2018 deve trazer novidades mais relacionadas à evolução do modelo. Ao que tudo indica, a montadora está verdadeiramente focada em manter o modelo como um sucesso significativo de vendas. A intenção é o que o feedback do mercado seja utilizado para fazer correções evolutivas no modelo. Além disso, é muito provável que o ano marque o início do desenvolvimento de uma gama mais ampla baseada na Toro 2018.

No que diz respeito às evoluções corretivas, a novidade deve estar relacionada à otimização do motor 1.8. A duras penas, a Fiat já aprender que o mercado reage a fortemente à falta de confiança nas partes mecânicas de um modelo, e não deve deixar isso acontecer com sua maior aposta no país. A segunda parte das mudanças já começou a ser demonstrada no Salão do Automóvel de São Paulo, e deve reservar algumas surpresas adicionais no decorrer do ano.

Saiba o que esperar da Toro 2018, um dos grandes nomes da Fiat no Brasil:

Novo motor é principal novidade

Não há dúvidas que a grande expectativa ocorre a respeito do que há sob o capô. O propulsor 1.8 e.torQ flex recebe duras críticas desde que passou a equipar o Renegade. Como é um motor compartilhado entre o SUV da Jeep e a picape mista da Fiat, a FCA não perdeu tempo para realizar as correções o quanto antes.

As atualizações devem tornar o motor levemente mais esperto, garantindo pouco menos de 5% de potência adicional para o modelo. É, no entanto, em outras adaptações e melhorias que ganhará pontos. Ele será mais econômico e contará com sistema start-stop, para melhorar o consumo urbano. Além disso, ele estará mais responsivo às trocas de marcha.

Outra novidade é o modo de condução Sport, que deixará o carro mais “esperto” na aceleração, o que resolve o problema em situações mais exigentes sem sacrificar ainda mais o consumo. A Toro 2018 contará com 139 cavalos de potência com o 1.8 flex, cinco cv a mais do que antes. Vale considerar que, por utilizar coletor de admissão variável, o motor da Toro era menos criticado do que do primo Renegade. Sempre é válido, no entanto, prevenir este tipo de gatilho para o declínio das vendas.

Cabine simples é cogitada

Outra novidade, muito mais significativa em termos estéticos e estratégicos, diz respeito à possível ampliação da gama. Sem nenhuma confirmação oficial, é possível que durante a passagem da Toro 2018 pelo mercado, sejam lançados os primeiros protótipos de cabine simples do modelo.

Em uma otimização do calendário de lançamentos, a chegada da versão ainda em 2018 seria ideal para a montadora, para estar em conformidade com o lançamento da X6P na linha 2019. O modelo abriria mão das escolhas de SUV da Toro para gerar um modelo de trabalho com ótimo volume na caçamba. A ideia seria oferecer um modelo mais acessível que o atual, capaz de favorecer atividades de carga para que não deseja ou não pode adquirir uma picape média.

Com uma fileira de bancos a menos, o modelo poderia aumentar significativamente o volume que é capaz de transportar. Tomando-se como exemplo as diferenças de volume entre a versão de cabine simples e dupla da Strada, a mudança poderia atingir até 80% a mais de carga. Isso não implicaria, obviamente, em uma mudança tão significativa na capacidade de carga em peso bruto, o que exigiria compensação com um melhor motor.

Possíveis modificações adicionais ainda não foram anunciadas

Não há menções oficiais da Fiat a respeito de mudanças e novidades na linha Toro. A intenção de manter o nome na cabeça dos consumidores, no entanto e bastante evidente. Exemplo disso é a Toro Black Jack, da linha 2017. O modelo, todo em preto, é uma versão de acabamento diferenciado da Freedom 2.4, de cerca de 185 cavalos.

O modelo supostamente apresentará o mesmo valor da versão flex mais potente. Isso indica um esforço ativo da montadora de manter sua picape presente no imaginário do mercado de forma orgânica. Resta saber o que será feito neste sentido para a Toro 2018.

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas