Início » Aplicativos » FemiTaxi: Táxi com segurança para mulheres

FemiTaxi: Táxi com segurança para mulheres

O FemiTaxi é uma plataforma móvel que busca oferecer um problema recorrente no mundo feminino: pegar táxis. Muitas pessoas não sabem, mas não são raras as corridas de táxis que acabam de forma desconfortável ou assustadora para mulheres. É verdade que corridas desagradáveis acontecem para todo mundo, mas a concentração de vezes em que isso acontece para pessoas do sexo feminino é muito maior.

Isso é especialmente verdade quando uma mulher pede o táxi sozinha, sem ninguém a acompanhando, o que torna tudo ainda pior. Pensando nisso, foi desenvolvido o aplicativo FemiTaxi, que busca oferecer uma corrida mais segura e agradável, que não torne a ideia de pegar um simples táxi assustadora.

Toda a ideia é baseada em cadastrar apenas taxistas mulheres, oferecendo corridas só para outras mulheres. Isso permite uma relação de confiança prévia muito maior a chamar um táxi padrão sem conhecer seu motorista.

Saiba como funciona o aplicativo FemiTaxi, quais as vantagens e qual a área de funcionamento da plataforma:

O que é o FemiTaxi?

O FemiTaxi é um aplicativo já disponível para plataformas Android e iOS. Basicamente, seu funcionamento é muito semelhante ao de qualquer outro aplicativo de táxi. Taxistas regulares e cadastrados recebem o pedido de corridas dos usuários e as aceitam, fazendo o trajeto com valor já definido e realizando a transação com dinheiro ou cartão de crédito.

Até aí, nada diferente em relação a outros aplicativos da área. A grande diferença está no público alvo e no público responsável pela realização do serviço: apenas mulheres para ambos os casos.

Quais as vantagens do aplicativo?

Ao criar um ambiente exclusivo para pessoas do sexo feminino, o FemiTaxi gera uma série de vantagens de segurança. Infelizmente, não são raras as histórias de tratamento ruim, desrespeitoso e, em vezes ainda mais extremas, abuso de algum tipo por parte dos taxistas em relação às mulheres passageiras.

Tendo em vista que a grande maioria destas ocorrências partem de taxistas homens, o FemiTaxi criou uma plataforma que cadastra as mulheres que já são taxistas. Isso significa que não há riscos nem para a passageira, nem para a motorista, pois não se trata de um serviço alternativo que possa ser mal interpretado.

Além disso, assim como em outros aplicativos da área, a plataforma permite o pagamento diretamente com cartão de crédito, ou – se preferir – com dinheiro.

Como funciona para taxistas?

Para taxistas, o serviço é muito semelhante aos outros aplicativos de táxi que já estão em atividade: paga-se uma taxa fixa para as corridas em dinheiro vivo, ou um percentual – pouco acima de 10% – para as corridas pagas com cartão de crédito.

Além disso, o aplicativo fornece uma plataforma de pagamento online diretamente pelo smartphone, o que permite que a cobrança por cartão seja feita mesmo que a taxista não possua nenhum tipo de equipamento para isso.

Fora as opções de pagamento, a plataforma ainda garante uma forma bastante interessante de obter um mercado exclusivo para si. A concorrência com outras taxistas mulheres tende a ser menor, em função do menor número de profissionais concentradas neste mercado, em comparação aos taxistas homens.

Funcionamento ainda fica restrito a São Paulo

Por enquanto, a atuação do FemiTaxi está restrita na capital paulista, embora a empresa já tenha declarado a intenção de oferecer seus serviços em outras capitais brasileiras. Entre elas, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte.

Até o momento, o maior desafio para a implementação nestas cidades é encontrar a quantidade suficiente de taxistas femininas para atender à demanda estimada. Na cidade de São Paulo, a maior do país, o número de taxistas cadastradas foi superior a uma centena, com o apoio de sindicatos. Isso indica que nas outras capitais, o número tende a ser menor, o que pode causar um desequilíbrio entre demanda e oferta de profissionais.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas