Início » Todos os posts » Mecânica » Cuidados com o radiador: como proteger seu veículo

Cuidados com o radiador: como proteger seu veículo

Os cuidados com o radiador são parte essencial da rotina de manutenção do veículo. Surpreendentemente, muitas pessoas nem mesmo sabem qual é a sua importância no veículo, ou o que deve ser feito para proteger a peça.

Mais do que falta de informação, é extremamente perigoso negligenciar o cuidado em relação aos radiadores, já que é necessário adicionar água com o máximo de qualidade, pois ao contrário o sistema de arrefecimento pode causar problemas graças aos poluentes.

Cuidados-com-o-radiador

Saiba quais são os principais cuidados com o radiador, e o que você deve fazer para manter o funcionamento do seu veículo protegido:

Principal cuidado

Entre os principais cuidados que devem ser tomados quanto ao radiador é o uso de água potável. Utilizar águas que não são puras pode adicionar líquidos com chumbo ou outro minério ao radiador, de forma que pode oxidar a estrutura da motorização. Além disso, os retentores e bombas de água também podem ficar danificados.

Veja também – Manutenção da água do radiador: Como fazer?

Acredita-se, também, que composições que usam etilenoglicol podem ser usadas para evitar que as altas temperaturas danifiquem o sistema do carro. A maior parte dos especialistas garante que a proporção deve ser de um litro de fluído para cada litro de água, sendo esse preferencialmente etilenoglicol para diminuir os extremos de temperatura.

Cuidados com as mangueiras

Outra manutenção importante deve ser feita no sistema de arrefecimento para que haja menos probabilidade de prejudicar a qualidade do motor e o desempenho do carro. As mangueiras precisam estar em ótimas condições, assim como as bombas de água. No caso das mangueiras, isso é ainda mais importante, já que elas são as que mais apresentam problemas.

Resíduos que acumulam

Assim como as demais peças do carro, é importante fazer revisão do radiador para que sempre esteja em alta qualidade no componente interno ou na estrutura. Com o tempo, alguns resíduos podem acumular, por isso é importante sempre fazer a manutenção e evitar que esse acúmulo contribua com o aquecimento, fazendo com que o carro pare de funcionar.

Relação com o seguro do carro

Em alguns casos, entretanto, não há limpeza que resolva. O que deve ser feito, portanto, é a troca do radiador. Em alguns casos, o seguro do automóvel pode cobrir a troca, mas é necessário conhecer todas as suas cláusulas para se certificar de que o plano cobre o serviço.

Veja também – Tipos de óleo para motor de carro: características e cuidados

E, apesar da limpeza ser algo que deve ser feito constantemente, também é necessário investigar a qualidade do radiador. O indicado por especialistas é que a verificação ocorra uma vez por semana, embora possa variar para mais ou menos tempo dependendo de cada caso particular.

Níveis reduzem drasticamente em pouco tempo

Quando os líquidos estiverem com nível baixo, é necessário adicionar água limpa. Se o nível diminuir em pouco tempo, deve-se investigar o motivo, pois pode indicar algo ruim no sistema automotivo. Nesse caso, um seguro de carro é uma boa opção para amenizar ou evitar dores de cabeça.

Atenção com a água quente

Além disso, é necessário extremo cuidado com água quente. O momento de verificar a água no radiador deve ser apenas após o carro estar parado por horas e ela nunca deve ser adicionada com o veículo quente. Essa prática pode danificar diretamente toda a estrutura da motorização por causa da mistura de água em duas temperaturas extremas. Se os cuidados começam a ser tomados tardiamente, quando os estragos já estão difíceis de reverter, a melhor opção é entrar em contato com o seguro do auto.

Carros 2019: Confira os principais lançamentos

Recurso de multas