Início » Carros » Chery Tiggo 5: Conheça o Modelo

Chery Tiggo 5: Conheça o Modelo

O chinês Chery Tiggo 5 tem presença garantida no mercado brasileiro em 2016. O SUV da Chery recebeu uma reestilização exterior e uma série de complementos para ser mais atrativo para o mercado brasileiro.

A revisão do Chery Tiggo 5 que havia sido lançado em 2012 atualizou seu visual interno e externo, e incluiu uma grande central multimídia em seu painel. Com valores previstos entre R$ 55 mil e pouco mais de R$ 90 mil, o modelo precisa vencer, ainda, a barreira cultural existente no mercado brasileiro em relação a fabricantes chinesas.

Falando em mercado brasileiro, aliás, o Chery Tiggo 5 será uma das respostas da montadora chinesa em relação à alta dos impostos sobre carros asiáticos:

Fabricação Nacional

A Chery já confirmou a fabricação do Tiggo 5 no Brasil até o final de 2016. Sua montagem será feita na planta industrial de Jacareí (interior de São Paulo), onde a montadora já possui uma linha de produção. O anúncio oficial da montadora afirma que o investimento será de cerca de 100 milhões de dólares.

Chery Tiggo 5

O movimento acompanha a linha estratégica para o Chery QQ, que também será lançado em novo modelo no início de 2016 e possui fabricação nacional, como estratégia de aproximação cultural e fuga da variação de encargos governamentais em relação aos veículos produzidos na China.

Performance

Com expectativa de vender cerca de 8 mil veículos no Brasil em 2016, a Chery aposta no Tiggo 5 como uma promessa para o mercado de crossovers médios – um posicionamento de linha um pouco superior ao que havia elaborado para a versão atual do Tiggo no mercado.

Para isso, aposta em um motor 2.0 com opção de transmissão automática ou manual de cinco marchas. Isso dá ao veículo um total de 138 cavalos de potência, o que é um cifra razoável para um carro da categoria. Segundo a montadora, o modelo pode atingir até 175 km/h de velocidade máxima.

Design

O design revisitado do Chery Tiggo 5 apresenta duas características quase conflitantes: o visível esforço da fabricante em tornar seus modelos cada vez mais adaptados ao gosto “global” pelo design de carros, e a aparente dificuldade fazer isso de maneira atualizada.

Chery Tiggo 5 interior

O design do Tiggo 5 não pode ser apontado como feio – seria uma grande injustiça. Diferentemente do que ocorria com modelos anteriores da marca, há alguns anos, nada nele parece genuinamente errado. O esforço para não errar, no entanto, parece prender a marca a um desenho que seja confortável, aceitável e estranhamente adaptado ao mercado de cerca de três anos atrás.

No interior, o carro parece apostar em algo mais despojado. O maior destaque fica para a central multimídia de 8 polegadas no painel. Não há informações precisas sobre o sistema operacional que a central irá utilizar, ou outras especificações técnicas.

Carro Chinês?

Uma das maiores barreiras que o Tiggo 5 deve enfrentar é sua origem: carros chineses ainda são vistos, muitas vezes, como carros inseguros e de tecnologi ultrapassada. Quanto ao design e à tecnologia, a montadora parece estar disposta a comprar a briga.

Quanto à segurança, ainda não há uma posição clara, mas a fabricação brasileira certamente demonstra uma dedicação às demandas e interesses do mercado. Resta apenas observar como o Tiggo 5 irá desempenhar a partir do 2º semestre de 2016.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas