Início » Todos os posts » Motos » CB 250F Twister 2019 tem melhoria no sistema de freios e muito mais

CB 250F Twister 2019 tem melhoria no sistema de freios e muito mais

Uma das grandes novidades desse ano no universo das motos é certamente o lançamento da CB 250F Twister 2019. Trata-se de uma nova versão do modelo Honda CB 250 que surgiu em 2015 como substituta da CB 300.

Como já aconteceu no último ano, a moto ainda nutre o sobrenome Twister que desfruta de prestígio entre os fãs da marca. Além disso, ainda em termos de nome, o modelo ganhou o adicional da letra F, em alusão à palavra “Fun”, que em inglês seria algo engraçado ou divertido.

CB 250F Twister 2019

Na prática trata-se de uma referência ao conceito de “alegria” que o modelo carrega consigo, podendo ser usado tanto para mobilidade urbana quanto para o lazer no final de semana.

Vale destacar que, em relação à sua versão anterior, a motocicleta não chega a trazer grandes novidades em relação a design. Todavia, recebeu melhoria no sistema de freios, migrando para a versão CBS com frenagem combinada.

É bem verdade que as mudanças em relação aos freios vieram para cumprir uma nova legislação que traz tal obrigatoriedade para as motos abaixo de 300 cm³ a partir de 2019. Todavia, é fato que isso cria um atrativo a mais para o modelo.

Na sequência você confere todos os principais detalhes sobre a novidade.

A nova CB 250F Twister 2019

A exemplo de versões anteriores do modelo, a moto é desenvolvida no País, naturalmente com a aprovação da matriz japonesa. Ela possui peso reduzido, total de 6 marchas e aspecto esportivo que encanta os fãs do modelo. Isso sem contar que é mais tecnológica em comparação à sua antecessora, CB 300.

Falando da sua versão mais recente, a CB 250F Twister 2019 reserva aspectos da edição antiga, conforme já sugerido inicialmente. Todavia, ela ganha lanterna e setas de LED, além de painel computadorizado e, claro, a parte do freio, que é o que chama a atenção graças à inclusão dos CBS.

Não obstante, há também a inclusão de novos grafismos e tonalidades de cores no que diz respeito ao design. Um exemplo é a coloração em laranja com detalhes pretos de inspiração na RC 213V, de Marc Marquez, piloto de MotoGP.

Na prática, esse recurso de frenagem minimiza problemas relacionados ao travamento das duas rodas. A seguir falamos mais detalhadamente sobre isso.

CB 250F Twister 2019

Em que consistem os freios CBS?

Falando de conceito, o termo CBS em si vem do inglês Combined Brake System. Basicamente é um sistema de engenharia mecânica que, apesar de não evitar que as duas rodas sejam travadas em simultâneo, aumenta a segurança.

Como? Fazendo com que parte da pressão na hora do uso do freio traseiro passe para a roda dianteira. Nesse caso, ao acionar para frear o pneu traseiro, um sinal de pressão é enviado também para o pistão de centro que fica na pinça do disco presente na roda dianteira.

Na prática, isso significa dizer que, mesmo quando o piloto se lembra apenas do freio traseiro, boa parte da pressão da frenagem é transferida para as rodas da frente. Estima-se que o percentual de distribuição nesse caso seja de algo em torno de 33%, ou seja, cerca de um terço.

Esse cenário, contudo, naturalmente não prejudica o sistema de frenagem dianteiro. Nesse caso, portanto, quanto o manete de freio da frente é acionado, entram em ação os dois pistões que ficam na lateral e fazem parte do conjunto de três da pinça dianteira.

Eles respondem pelos dois terços restantes do potencial de frenagem dianteira, completando assim os 100%. Um detalhe interessante, porém, é que falando da engenharia nacional, o sistema passou por uma calibragem.

Dessa forma, só atua na roda da frente após uma pequena e imperceptível defasagem de tempo. Assim permite o “assentamento” da roda traseira e torna o veículo mais estável, melhorando em tese a sua eficácia.

Esse tipo de mecanismo naturalmente não pode ser eficaz em casos de imprudências, todavia, dá uma segurança maior a quem eventualmente utiliza o freio traseiro preferencialmente.

O fato de a pressão não ser total no freio da frente naturalmente também ajuda refutar a ideia que muitos possuem de que a moto poderia “capotar” com o acionamento do freio dianteiro.

É importante ressaltar aqui, porém, que os freios CBS na CB 250F Twister 2019 estão disponíveis no modelo de entrada, que antes possuía um sistema de frenagem inferior. Dito isso, portanto, a versão com freio ABS continua sendo comercializada. Falamos sobre ela a seguir.

CB 250F Twister 2019

Sobre a CB 250F Twister 2019 com freio ABS

Por se tratar de um sistema de frenagem eletrônico, moderno e que oferece antitravamento, o sistema de freio ABS foi naturalmente mantido na CB 250F Twister 2019 em suas versões superiores.

Sobre a parte mecânica em si, também não foram observadas grandes novidades em relação ao conjunto do modelo 2018. É válido destacar, no entanto, que isso de certa forma foi “compensado” no preço, pois a moto chega ao mercado custando R$ 450,00 a menos, ou seja, R$ 14.990.

Em relação ao motor, é o mesmo da versão CBS, possuindo cilindro e 249,5 cm3, que por sua vez é arrefecido. Em relação a combustível, ela pode ser abastecida tanto com etanol quanto com gasolina.

Sobre a suspensão, também não existem grandes novidades e as versões da CB 250F Twister 2019 compartilham o mesmo conjunto. Isso significa que, na parte da frente, há um telescópio comum, sem inversão e com curso de 130 mm.

Enquanto isso, na parte traseira persiste o mono, com curso de 108 mm. Vale notar, porém, que tem o “empilhamento” de duas molas como recurso.

Uma delas é mais macia e oferece maior conforto, sendo esta a maior. Já a menor é mais dura, indicada para percursos mais “radicais”, por assim dizer.

Por fim, em relação às rodas, a versão chega com as tradicionais rodas de liga leve com 17 polegadas, além é claro de seus pneus sem câmara. Trata-se de uma moto de fácil condução, agora renovada e com adicionais modernos e tecnológicos.

Vale a pena conferir e eventualmente até realizar um “test drive” para conhecer o que mudou na prática nessa nova versão. Se você já experimentou, fique à vontade para deixar sua opinião e compartilhar o feedback conosco e com os demais leitores.

Carros 2019: Confira os principais lançamentos

Recurso de multas