Início » Mecânica » Cambagem: o que significa? Quando corrigir?

Cambagem: o que significa? Quando corrigir?

Embora muito se fale a respeito de cambagem nos momentos de fazer balanceamento e geometria, pouca gente sabe o que realmente significa esse parâmetro das rodas do carro. Embora nem todas as pessoas tenham a obrigação de conhecer a fundo as configurações de seu veículo, é sempre importante de um básico de conhecimento para evitar que as pessoas se aproveitem da falta de conhecimento específico sobre o assunto.

Por isso, elaboramos este artigo para explicar o que é a cambagem, qual a sua influência sobre o desgaste, a dirigibilidade e a segurança, e qual é a configuração recomendada para cada tipo de situação. Confira:

Cambagem

O que é a cambagem da roda?

A cambagem é o nome dado ao tipo de angulação da roda em relação ao eixo vertical. Em outras palavras, ela define quão inclinada e em que sentido é a inclinação da roda. A ideia é que os diferentes ângulos compensem forças laterais que atuam sobre o veículo durante os movimentos em curva, auxiliando na dirigibilidade e na forma como os pneus desgastam.

Em geral, a recomendação da cambagem é definida de fábrica para cada veículo, de acordo com as configurações das rodas e pneus originais sobre os quais o carro foi projetado.

Quais são os tipos de cambagem?

Cambagem ângulos

A cambagem pode ser positiva, neutra ou negativa. Chama-se negativa quando os pneus são voltados para “fora” do carro, como se seus eixos formassem um triângulo com uma ponta virada para cima. A configuração neutra é aquela em que os pneus ficam completamente retos e alinhados com o eixo vertical. A positiva, por sua vez, é aquela onde os pneus são voltados para “dentro” do centro do veículo, simulando uma forma de “V”.

Quando é necessário “fazer cambagem”?

É importante compreender que existe uma grande diferença entre o ajuste da cambagem e a sua correção, em um veículo. Aquilo que chamamos de ajuste é a configuração padrão do seu carro – a forma como ele deve estar ajustado para funcionar perfeitamente.

A correção, no entanto, é algo que precisa ser feito quando há danos em relação ao ajuste padrão. No Brasil, é comum que as condições ruins das vias – sobretudo com os buracos constantes – façam com que as rodas sejam danificadas. Estes danos mudam a configuração da roda, levando a cambagem a ser modificada, necessitando de ajustes posteriores.

A situação é verificada durando o serviço de alinhamento, e deve ser checada a – no mínimo – cada 10 mil quilômetros. Caso contrário, seu veículo estará menos equilibrado, gastando mais rapidamente os pneus e oferecendo menos estabilidade durante a condução. Sempre observe, nos resultados dos testes, quais são as variações do ângulo das rodas para saber se realmente há torções relevantes.

Quanto custa corrigir a cambagem?

A custo da correção sempre dependerá do tipo de carro, o tamanho e a linha. Normalmente, o custo de correção, por roda, varia entre 70 e 120 reais. Em alguns locais, o serviço de alinhamento e geometria oferece quaisquer correções necessárias dentro do preço total inicial, que é pago de forma fixa.

O importante é levar em consideração que a cambagem não é um gasto que você perde, mas uma maneira de evitar ainda mais gastos no futuro, como consequência das configurações inadequadas do seu veículo.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas