Início » Todos os posts » Carros » Bugatti Chiron: 1500 cavalos de puro veneno

Bugatti Chiron: 1500 cavalos de puro veneno

Desde 2005, o título de carro comercial mais veloz do mundo era do Bugatti Veyron, e o anúncio do lançamento do Bugatti Chiron pode ter chocado muitos adoradores da velocidade. No salão de Genebra, no entanto, a Bugatti explicou seus motivos para estar tão confiante em relação ao lançamento.

Depois de onze anos de desenvolvimento e aperfeiçoamento, o Bugatti Chiron parece estar pronto para acalmar os até mesmo os corações mais apaixonados: mais potente, mais impressionante e ainda mais sofisticado, o lançamento de 2016 parece estar pronto para assumir o título com propriedade impressionante.

Performance

Assim como o Veyron, o Bugatti Chiron sai para as ruas com um motor de 16 cilindros 8.0, com um bloco quadri-turbo, preparado para oferecer um sistema mais ajustado de aceleração, especialmente em alta velocidade.

Um apaixonado por carros sabe que está se deparando com um exagero inacreditável quando a potência de um carro é apresentanda com 4 dígitos em cavalos. Neste quesito, o Bugatti Chiron faz questão de assustar: são 1.500 cavalos de potência.

Bugatti Chiron preto

O resultado disso? Para sair da inércia e chegar aos 100 km/h, bastam 2,5 segundos. Se o condutor quiser seguir acelerando até os 300 km/h, levará um tempo total de 13,6 segundos. Ao atingir a velocidade máxima – indecentes 420 km/h – o condutor estará 5 km/h mais rápido do que a velocidade máxima do Veyron.

Os 420 km/h são limitados eletronicamente (afinal, não há motivos para velocidades extravagantes, não é mesmo?). Apenas o fabricante possui a chave de acesso ao modo Top Speed, que libera o veículo para seu potencial máximo, ainda não anunciado.

Sistema de adaptação

Por ser um veículo comercial, elaborado para tráfego normal, a Bugatti pensou em uma solução de cinco programas de adaptação das características do chassis, de acordo com a utilização do carro em tempo real.

Enquanto o veículo estiver em um ambiente claramente urbano, andando abaixo dos 50 km/h, o sistema Lift é ativado. Este sistema permite que o veículo passe por lombas, garagens e ruas menos regulares, afastando-o um pouco do chão.

Bugatti Chiron interior

Quando passa desta velocidade, ativa-se o sistema regular EB Auto, que funciona até atingir a velocidade de 180 km/h. Quando a marca é ultrapassada, entre o sistema nomeado de forma muito adequada de Autobahn, focado na estabilidade e segurança do condutor em altíssima velocidade.

O Sistema Handling é voltado para o potencial de dirigibilidade do veículo, sendo mais apropriado para os momentos que exigem manobras um pouco mais específicas. Já o famigerado Top Speed não será acessível para o condutor do veículo. Ele só pode ser ativado com uma chave especial, que apenas a Bugatti possui.

Quer um Bugatti Chiron?

O Bugatti Chiron já tem preço e quantidade de unidades produzidas definidos, e se você quiser um, pode ser interessante se apressar no pedido. Serão 500 unidades produzidas no total – 50 a mais do que o total de Veyrons produzidos.

O valor previsto é de 2.4 milhões de Euros, mais os impostos do país onde for adquirido. Segundo as informações divulgadas pela montadora, mais de um terço destas unidades já estão vendidas antes mesmo da finalização da fabricação.

Carros 2019: Confira os principais lançamentos

Recurso de multas