Início » Carros » BMW X5 2018: versão M chega no próximo ano

BMW X5 2018: versão M chega no próximo ano

O SUV BMW X5 2018 terá sua linha aumentada no Brasil para o próximo ano. Além das versões que já rodam por aqui com uma boa aceitação do mercado há algum tempo, o X5 ganhará sua versão “de grife”: a linha M.

Conhecida por ser um time especial de desenvolvimento mais esportivo dos modelos da montadora alemã, a linha M inaugurará a versão mais cara da BMW X5 2018 já no primeiro semestre do ano, entre a atual versão de topo do modelo e o irmão de maior estatura X6.

BMW X5 2018 M

Nas outras versões, as configurações devem permanecer de acordo com o que já roda por aqui, que apresenta um desempenho bastante satisfatório para o segmento. Cada vez mais concorrido, o mercado de SUVs de luxo exige inovação constante e propostas diferenciadas – sobretudo com a chegada de cada vez mais marcas dispostas a tomar uma parcela da categoria.

Confira o que esperar para o BMW X5 2018, e quais são as novidades trazidas pela linha M:

Grande novidade será a linha M

Quando alguma estreia significativa de modelo é lançada, é comum que seja acompanhada por uma atualização visual ou troca de geração de seus pares. No caso da BMW X5 2018, o bom desempenho do modelo atual não exige este tipo de pressa: as versões atuais são mantidas em suas duas opções, e a linha M agrega uma espécie de modelo intermediário entre a X5 padrão e a X6.

A linha M é conhecida pelo ganho em esportividade e pela adição de equipamentos especiais, que dão um toque ainda mais elevado aos modelos com essa assinatura. Obviamente, o foco principal está nas mudanças sob o capô, mas cada adição na sofisticação é importante nessa categoria que se aproxima cada vez mais da casa do meio milhão de reais.

Motorização divulgada, preços ainda incertos

Sob o capô, agressividade e desempenho de esportivo compensam o tamanho da SUV. Na versão M, o BMW X5 2018 será equipado com um V8 4.4, capaz de entregar nada menos do que 575 cavalos de potência, e impressionantes 76,6 kgfm de torque. O resultado disso são apenas 4,2 segundos de aceleração entre 0 e 100 quilômetros.

O resultado só não é mais impressionante pois a velocidade máxima será eletronicamente bloqueada em 250 km/h, segundo a montadora. Ainda não foram divulgadas informações sobre a possibilidade de solicitar a retirada da limitação eletrônica, como alguns carros de alto desempenho oferecem.

O preço final da versão ainda não foi divulgado. Estima-se, no entanto, que seu valor esteja logo acima dos quase R$ 450 da versão mais completa atualmente oferecida por aqui. Por isso, é razoável considerar um valor próximo aos R$ 500 mil como a base de precificação do modelo.

Itens mais generosos na versão M

No que diz respeito à generosidade de itens e equipamentos – que ainda são característica central dos utilitários atuais, tudo que se pode imaginar em um modelo de luxo: o sistema de entretenimento é passado para os bancos traseiros, que também contarão com aquecimento. Chama a atenção a central multimídia em combinação com o display head-up, que garante mais informações para o motorista.

O sistema de segurança e dirigibilidade passa a contar com câmera de visão noturna, segundo a montadora, e o acabamento é ainda mais especial, com couro Alcântara e fibra de carbono.

Modelos atuais serão mantidos na linha

No que diz respeito ao BMW X5 2018 que não adotará as novidades da linha M, seguem as duas versões já conhecidas por aqui. A versão de entrada, aos R$ 420 mil, conta com motor a gasolina 3.0, de 306 cavalos. A versão topo de linha – que passará a ser a intermediária – é a versão diesel de 258 cavalos, que pode ser escolhida para até sete passageiros.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas