Início » Motos » BMW F 800 GS 2017: atualizada e mais cara

BMW F 800 GS 2017: atualizada e mais cara

Não é nenhum segredo que o fortalecimento da clássica Triumph no Brasil parece incômodo para o BMW. No caso da BMW F 800 GS 2017, a ameaça vem, é claro, da Tiger 800 XC. A concorrente é mais barata (quase R$ 5 mil, o que representa mais de 10% do preço total), e a Triumph gera, aos poucos, uma posição cada vez mais admirada no mercado.

O lado bom disso, para o público consumidor, é que a BMW F 800 GS 2017 recebeu novidades para fazer frente ao aquecimento da rival no segmento. O modelo 2017 brasileiro finalmente passa a contar com controle de tração e suspensão eletrônica na traseira. Essa última, por exemplo, era solicitada há algum tempo, desde que foi lançada na Europa.

De qualquer modo, a BMW F 800 GS 2017 já está disponível nas concessionárias da loja e, como é de se esperar, empolga o segmento para demonstrar suas novidades. Saiba o que esperar do modelo, seus valores e características:

Novidades na BMW F 800 GS 2017

Embora não tão radical quanto o esperado por alguns, pode-se dizer que a BMW F 800 GS 2017 sofreu um bom nível de modificações e avanços para a linha 2017. Na verdade, algumas das principais exigências de seu público foram atendidas, especialmente no que diz respeito à segurança e às mecânicas disponíveis na moto.

O escapamento em inox, o controle de tração e a suspensão eletrônica na traseira são as principais mudanças no que diz respeito ao movimento de aproximação ao modelo europeu. Ainda falta, no entanto, o acelerador eletrônico – de série por lá e presente na Tiger, mas ainda em falta por aqui.

Algumas novidades também estão presentes na parte estética. Mudanças de carenagem e nos refletores, bem como reestilização do painel de instrumentos e grafismos de bom gosto em diversos detalhes do modelo.

Mais disposta a mais terrenos

Outra boa notícia a respeito das modificações é sua melhoria, desde os modelos mais básicos,  em relação a terrenos menos comuns. Isso é fruto da adição de configuração dos modos de condução para chuva e estrada. O equipamento é capaz de otimizar a frenagem e a aceleração do modelo em situações variadas de terreno. Junto ao controle de estabilidade e à configuração do ABS, eles reconhecem o piso como seco ou molhado, adaptando-se às condições para mais segurança do piloto.

BMW F 800 GS 2017

Além disso, conta com um novo sistema de aceleração mais linear e ágil, também envolvido no sistema de identificação da estrada. As novidades chegam em conjunto com o já conhecido motor de 798 cilindradas, capaz de entregar até 85 cavalos de potências para a big trail.

Além disso, utiliza-se o mesmo conjunto de transmissão de seis velocidades, e o generoso tanque de combustível para até 24 litros de gasolina, o que permite uma aventura um pouco mais prolongada sem grandes preocupações.

Experiência segue o forte da Big Trail

Ao tratar-se desta moto, restam poucas dúvida que é na sensação de pilotagem que ela ganha destaque. O que já era seu ponto forte tornou-se ainda mais interessante com a aceleração linear e a agilidade surpreendente para o seu tamanho, mesmo em velocidades um pouco mais alta.

BMW F 800 GS 2017 traseira

Obviamente, não faltam mimos para o piloto, como a possibilidade de ajuste eletrônico dos amortecedores, adaptando a rigidez para o seu gosto ou terreno. O item certamente fazia falta, no que se tratava de sofisticação, e traz este toque mais requintado para pilotos que queiram presentear-se. As mudanças e incremento, é claro, possuem um preço.

O modelo gira em torno, agora, dos R$ 51 mil, o que a torna razoavelmente mais cara do que a concorrência. Mesmo assim, ainda há, na BMW, certa iconoclastia que garante melhor revenda futura e certeza de satisfação.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas