Início » Bicicletas » Bicicletas de alumínio: elas ainda fazem sucesso

Bicicletas de alumínio: elas ainda fazem sucesso

As bicicletas de alumínio já tiveram dias de glória maior em seu passado. Até o início da utilização da fibra de carbono, o alumínio era o material mais apropriado para a construção de quadros de qualidade para bicicletas de alto nível competitivo.

Embora hoje já não componham a maior parte dos modelos de competição, elas ainda são muito famosas e um dos tipos favoritos no mercado de ciclistas que buscam por um modelo com ótimo custo-benefício.

Bicicletas de alumínio e sua história recente

Há apenas pouco mais de uma década, a maioria das bicicletas de alta qualidade eram bicicletas de alumínio ou de ligas semelhantes. No início dos anos 2000, era comum que as bicicletas de fibra de carbono escolhidas como as melhores escolhas do mercado não somassem mais do que duas ou três dentro de listas de dezenas de modelos.

Em alguns anos, o predomínio das bicicletas de alumínio abriram lugar para os modelos de fibra de carbono, que rapidamente começaram a substituir a antiga oferta de topos de linha feitas de alumínio.

Os primeiros modelos de alumínio surgiram na década de 1970, fabricada por marcas como Vitus e Alan. Elas eram construídas com tubulações de alumínio similares às tubulações padrões do material no mercado.

Elas possuíam um bom peso, mas uma flexibilidade que demorou para ser ajustada. Quando foi equilibrada, seu sucesso foi inevitável, tornando-se o modelo mais eficaz do mercado por anos. Com o avançar do século XXI, os quase vinte anos durante os quais as bicicletas de alumínio reinaram absolutas acabaram abruptamente com a adoção da nova tecnologia da fibra.

bicicleta-alan-de-aluminio

Substituição pela fibra de carbono

Na metade dos anos noventa, enquanto a tecnologia da construção de bicicletas em carbono estava começando a chegar no seu auge, a onda da fibra de carbono começou a substituir a liga metálica nas pesquisas de materiais leves e resistentes.

Muitos fabricantes abandonaram suas pesquisas nos quadros de alumínio, relegando-os quase ao esquecimento – deixando apenas algumas empresas focadas em sua produção.

As empresas que mantiveram-se focadas – ou surgiram depois – no estudo das bicicletas de alumínio seguiram apostando que o material tinha a capacidade de oferecer características de qualidade que nenhum outro material poderia oferecer.

bicicleta-de-aluminio

Esperança para o futuro

Embora as bicicletas de alumínio sejam construídas com um material de potencial impressionante, o futuro delas é difícil de ser previsto. Elas dependem, na prática, da decisão das grandes fabricantes de bicicletas de altos níveis.

Ao que tudo indica, o futuro próximo das bicicletas de alumínio está nos modelos intermediários de qualidade, pois o material é o que oferece o melhor custo-benefício. Embora não seja um material tão leve quanto a fibra de carbono, seu custo é muito mais acessível e a perda de performance não é tão gritante quanto a diferença no preço final.

Alguns apostam, ainda, no valor das bicicletas de alumínio como um artigo de estilo e qualidade superior, com modelos personalizados e designs mais criativos para aqueles que gostam de apreciar a bicicleta como um objeto icônico, além de seu potencial esportivo.

Enquanto as bicicletas de fibra de carbono andam em direção à competitividade extrema, as bicicletas de alumínio começam a empolgar cada vez mais aqueles que enxergam, nas bikes, um movimento semelhante ao que já acontece com motocicletas do tipo custom, com experiências de ciclismo diferenciadas.

quadro-de-aluminio

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas