Início » Carros » Audi A3 2017: facelift e motor do novo modelo

Audi A3 2017: facelift e motor do novo modelo

O Audi A3 2017 marca uma estratégia muito interessante da montadora para o público de seu carro no Brasil, que é um misto entre a manutenção da ideia da exclusividade de um hatch premium, com a acessibilidade de preço para um momento delicado.

O Audi A3 2017 segue um A3 de terceira geração, mas recebe um facelift significativo, segundo o anúncio da fabricante. Provavelmente, é a maior mudança desde o relançamento do novo modelo, em 2012.

Para quem considerava o visual do A3 ainda muito conservador em relação a seus antecessores, a projeção do novo modelo promete agradar. Para quem gosta de associar o carro a uma visão um pouco mais esportiva, no entanto, pode ser que a aprovação não se repita.

Confira os dados sobre o Audi A3 2017 e quais são suas características e polêmicas:

Foto: Youtube/Reprodução
Foto: Youtube/Reprodução

Como anda a metade da vida da 3ª geração no Brasil?

Desde que a terceira geração do carro passou a ser vendida no Brasil, utilizando a plataforma MQB – a mesma sobre a qual o Golf é montado, por exemplo – o A3 foi definitivamente bem recebido pela crítica, mas é difícil projetar se as vendas correspondem à expectativa gerada.

Diferentemente de sua versão sedã, ao hatch não recebeu uma planta de fabricação nacional, o que torna o entendimento da estratégia da Audi para a situação um pouco confusa. Não se pode dizer, no entanto, que o modelo vá mal.

Pelo contrário, o nível de afinidade e compreensão do mercado brasileiro parece ser tão razoável que o Audi A3 2017 parece disposto a atender uma parcela da população que quer um Audi mas não tem a intenção específica de correr.

Alterações cosméticas?

Geralmente, o termo “facelift” já nos leva a acreditar que pouca coisa irá mudar na nova versão de um carro. Em geral, são pequenos detalhes e adicionais que são ajustados pelo simples esporte de confirmar que o carro está, de fato, recebendo atenção. Este não é o caso do facelift do Audi A3 2017.

Há alterações “de perfumaria” em alguns detalhes do carro, mas estas não são as mais importantes. Ao que tudo indica, além da mudança de design relevante e da inserção de novas tecnologias, há um novo motor a caminho do modelo.

Novo motor

O grande anúncio para o Audi A3 2017 vai além da grade atualizada, no estilo do A4 e dos carros maiores da montadora. Segundo o anúncio da alemã, o mercado brasileiro receberá uma nova versão do veículo, além do 1.4 turbo e do 1.8 turbo que já circulam pelas ruas.

É o motor 3 cilindros 1.0 turbo de 115 cavalos com a tecnologia TSI já conhecida em alguns carros da VW brasileira. Pensando apenas na potência, é perda modesta, considerando que seu 1.4 apresenta 122 cavalos, no total.

Mudanças periféricas

2017-audi-a3_interior

Além do motor novo, o Audi A3 2017 promete outros diferenciais significativos. Além do sistema de 12.8 polegadas touch para controlar toda a central multimídia do carro, há o novo sistema de projeção no painel do próprio motorista, que inclui a replicação das informações da tela, além de dados específicos, como o mapa que o GPS está seguindo.

É uma modificação nos moldes dos modelos de maior tamanho, que também acontecerá no modelo sedã do A3, e promete dar ainda mais força para um dos grandes diferenciais do hatch da Audi, que é a tecnologia e a sofisticação de seu interior.

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas