Início » Carros » Amarok 2018: novo modelo marca a chegada do motor V6

Amarok 2018: novo modelo marca a chegada do motor V6

Com facelift marcado para chegar ao mercado em 2017, a Amarok 2018 deve chegar ao mercado de picapes consolidada. As mudanças no exterior são bastante moderadas – o que já era esperado, considerando a boa aceitação de sua aparência, no mercado. Por dentro, no entanto, há uma série de melhorias no design e nos itens.

A Amarok 2018 também deve contar com melhores opções para motorização. Em especial, o tão esperado V6 3.0 deve chegar para ocupar a posição sob o capô, oferecendo mais potência e torque.

Saiba os detalhes do que se pode esperar da Amarok 2018, e como ela se posicionará no mercado após o facelift:

Estratégia é aproveitar o facelift acertado

O sutil facelift de 2017 deve fornecer fôlego visual suficiente para que a VW concentre-se na Amarok de maneira mais racional. Pouca coisa precisou ser mudada em relação ao modelo que chegou no mercado global em 2010. Por outro lado, as poucas mudanças fizeram uma significativa diferença no sentido de atualizar a picape para que pudesse competir sem medo de enfrentar a concorrência.

O modelo atual é suficientemente esportivo e robusto, oferecendo a imponência necessária para uma picape da sua categoria. A Amarok 2018, aliás, segue passando a impressão de robustez que fica frente à frente com os modelos mais interessantes do mercado.

As laterais mais vincadas embaixo e as janelas pouco curvas passam a ideia de “tanque” que gera a imponência necessária e valorizam sua altura significativa. Na traseira, pouquíssimas mudanças. Na prática, a traseira era a parte que exigia menos alterações, e a VW parece bastante consciente disso.

Novidades devem estar concentradas no interior

É exatamente no lado interno da picape que as principais mudanças acontecem na Amarok 2018. O interior parece significativamente mais sóbrio e, ao mesmo tempo, tecnologicamente mais atual – ao menos no conceito apresentado (sendo difícil fazer a distinção de versões, por exemplo).

O novo padrão segue o estilo VW herdado da Audi. É mais retilíneo, oferecendo mais classe e requinte. Nada de saídas de ar arredondadas e excesso de botões, como antes. Os detalhes parecem cuidadosos, assim como os modelos de rua mais sofisticados da montadora.

Boa parte dos botões do sistema infotainment que eram desnecessários no console (já que é tela é sensível ao toque) foram para o volante de maneira elegante, onde passam a ser mais úteis. O painel também parece mais requintado, com um computador de bordo 3d.

A central multimídia conta, agora, com uma versão bem equipada do infotainment, com tela maior e o App Connect da VW, que permite pareamento com smartphones. Na versão apresentada globalmente, haverá opção de utilização de pacote de dados para a navegação do sistema, com informações em tempo real sobre o tráfego. Não se sabe se a opção chegará para o mercado brasileiro. É bem verdade, no entanto, que com um bom sistema de integração com smartphones, a características torna-se quase obsoleta, considerando que o mecanismo já deve estar presente no próprio equipamento do condutor.

2018 marca chegada do V6

Nas partes da linha que já circulam no mercado, a motorização não será tão modificada. O motor 2.0 turbodiesel já conhecido na VW continuará sendo utilizado em configurações distintas.

Com o bom conjunto de transmissão automática de oito marchas, e opções de tração integral ou dianteira (de acordo com o motor), as configurações do 2.0 podem gerar até 140 ou 180 cavalos de potência. Os propulsores continuam contando com o 4Motion, um sistema de distribuição de torque entre as quatro rodas, garantindo tração plena.

A novidade está na chegada do tão esperado V6 de 3.0 litros. Ele será oferecido em três configurações, que variam a potência fornecida em 163, 204 e 224 cavalos. Na versão mais potente, o motor é capaz de entregar generosos 56,1 kgfm de torque – o que reforça a robustez do modelo.

Carros 2018: Confira os principais lançamentos

Acompanhe nossas atualizações

Recurso de multas