Início » Todos os posts » Motos » Alarmes para motos: como escolher o ideal?

Alarmes para motos: como escolher o ideal?

Com baixo custo de manutenção e de fácil manuseio, as motos se tornaram bem populares, e ainda pelo fato de ser econômica e um meio de transporte bem mais rápido, tem ganhado mais espaço nas ruas brasileiras, e recorrer aos alarmes para motos tornou-se uma forma cada vez mais comum de proteção.

Mas, apesar de todos os benefícios não podemos deixar de mencionar que as motos também tem sido alvo de muitos ladrões. Por isso, muitos motoqueiros têm buscado alternativas para tentar proteger o seu transporte do melhor modo possível.

Alarmes-para-motos

O melhor a se fazer para proteger a sua moto é obter um seguro, mas devido aos autos custos, a melhor opção e mais barata do mercado são os alarmes. Confira abaixo alguns tipos de alarmes mais utilizados para motos, e os benefícios.

Alarmes para motos com sensor de movimento

Quando alguém tenta mover a sua moto o alarme dispara, sendo esse o tipo mais comum tanto para motos quanto para carros.

Veja também: Melhores marcas de alarme automotivo do mercado

O bom é que esse alarme realmente consegue assustar um assaltante, o ruim é que infelizmente os bandidos já conseguem desligar esse sensor com muita facilidade.

Alarmes com bloqueio de ignição

Funciona quando o alarme é disparado, e ocorre o bloqueio da ignição interrompendo o fornecimento de combustível necessário para dar a partida na moto.

Esse tipo de alarme funciona bem, e de forma geral não é caro com custos a partir de R$100,00 dependendo do modelo e tipo de moto.

Alarmes para motos com aviso pelo celular

Se o alarme da sua moto for disparado, há ainda a opção de você ser automaticamente avisado pelo celular que você pode estar sendo roubado.

Para o funcionamento desse modelo, é preciso que um especialista no assunto consiga conectar a sua moto com o seu celular, mas para a instalação do equipamento você poderá gastar em torno de R$ 300,00 dependo do profissional.

Alarmes para motos com rastreamento

Após o disparo do alarme a sua moto pode ser rastreada via celular ou satélite, com os dois tipos você poderá detectar por anda a sua moto e acionar a polícia o mais rápido possível para recuperá-la.

No caso do rastreamento via satélite, você pode contratar os serviços de uma empresa especializada, para isso é necessário um pagamento mensal para o monitoramento 24h por dia.

Se o caso é de sequestro, há ainda a opção de rastreamento com bloqueio, isso acontece quando ao atingir uma determinada velocidade ou distância percorrida, ocorre um bloqueio instantâneo da ignição, ou quando ela for estacionada.

Você ainda poderá cadastrar mais alguns números de telefones que serão avisados quando houver furto, ou sequestro.

Com o avanço da tecnologia, alguns aplicativos oferecem esse serviço de bloqueio, basta conectar o cabo de carregamento através da bateria da moto.

Assim como a tecnologia está avançada para fornecer esses tipos de benefícios, ela está avançada também para quem deseja roubar a sua moto, hoje em dia é possível desativar o rastreador com um dispositivo móvel, por isso prefira contratar uma central de segurança para realizar o monitoramento.

 

É preciso ter muito cuidado com esses alarmes, pois quando mal instalados podem danificar a sua moto e causar panes elétricos e ainda um princípio de incêndio. É muito importante que de vez em quando você simule um roubo para verificar se o alarme ainda está em boas condições.

Assim como qualquer objeto tanto de carro quanto de moto, os alarmes também possuem uma vida útil, por isso é necessário sempre a manutenção desses equipamentos.

Além de todos esses tipos de alarmes é preciso também alguns cuidados para evitar o roubo da sua moto, pois apesar de todo o esforço você não está isento de ser roubado.

Evite locais isolados e escuros demais para estacionar, de preferência escolha um estacionamento próximo, preste muita atenção as ruas, os bandidos gostam de principalmente de assaltar os distraídos.

Se você puder evitar, é melhor não dirigir de moto de madrugada, quanto mais tarde menos testemunhas e menos ainda alguém que possa te ajudar em caso de assalto. Seguindo todas essas dias, você poderá ter um pouco mais de segurança ao andar com a sua moto.

Carros 2019: Confira os principais lançamentos

Recurso de multas